João Pessoa
Feed de Notícias

Guarda Militar da Reserva da PM recebe a primeira mulher

segunda-feira, 5 de outubro de 2015 - 17:26 - Fotos: 

Fazer parte da Polícia Militar para Edna Bezerra Cavalcanti era um sonho que ela realizou no ano de 1991, quando ingressou na segunda turma de soldados femininas da instituição. Após completar seu tempo de serviço, a 2ª sargento resolveu voltar para contribuir ainda mais com a segurança pública do Estado, tornando-se a primeira mulher a ingressar na Guarda Militar da Reserva (GMR), único espaço da instituição que ainda não tinha a presença de policiais femininas.

Ela se apresentou nesta segunda-feira (5) e ficará lotada na 4ª Companhia Independente da Polícia Militar, que tem sede em Bayeux. Edna faz parte do efetivo de 988 integrantes da Guarda Militar da Reserva (GMR), que foi criada no ano de 2011, através do decreto governamental 9.353/2011. O objetivo da GMR é promover um aumento do efetivo nas ruas, já que os policiais recrutados para este serviço substituem policiais da ativa que desempenhavam funções de guarda patrimonial dos estabelecimentos estaduais.

“Estou me sentindo como se tivesse entrando pela primeira vez na Polícia Militar”, disse a sargento Edna, adiantando que ainda tem muito a contribuir. “Ainda me sinto jovem, apta a continuar desempenhando meu serviço pela Polícia Militar e a Guarda Militar da Reserva é uma ótima oportunidade para continuar vivendo a realidade desse sonho que conquistei lá no ano de 1991”, comentou.

O coordenador da Guarda Militar da Reserva, tenente-coronel Manoel Dedeu, destacou que a presença da primeira mulher na GMR serve de estímulo para que outras mulheres que já atingiram o tempo de serviço possam continuar contribuindo. “Isso simboliza a presença da mulher em todos os níveis da Polícia Militar da Paraíba, o que é de extrema importância para a instituição, e aumenta o contingente daqueles profissionais que resolvem contribuir ainda mais na corporação, com a mão de obra qualificada e experiência adquirida durante toda carreira”, disse.

Para o ingresso na GMR, os policiais passam por um processo seletivo que é aberto todos os anos, no qual os interessados devem preencher requisitos como: estar na reserva, não estar respondendo a nenhum processo, ter bom comportamento e pontuação positiva em ficha (aferida pelo balanço entre o número de elogios e punições recebidos durante a carreira). Os selecionados passam por exames de saúde, sanidade mental e teste de avaliação física, além de um estágio de readaptação.