João Pessoa
Feed de Notícias

Guarabira sedia última etapa das Conferências Regionais de Segurança Alimentar e Nutricional

quinta-feira, 16 de julho de 2015 - 11:33 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Humano (Sedh) e da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária (Sesaes), em parceira com o Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), realizou nessa quarta-feira (15), em Guarabira, a última etapa das Conferências Regionais de Segurança Alimentar e Nutricional.

Entre os meses de abril a julho, aconteceram sete Conferências Regionais e quatro Conferências Temáticas – Acesso à Terra e Água, Indígena, Ciganos e Étnico Racial em várias localidades da Paraíba.Todas com o objetivo de construir propostas para uma reflexão sobre novas políticas públicas e fazer um chamamento para garantir a soberania alimentar.

Com a participação de 27 municípios, superando o público esperado, o evento de Guarabira contou com a presença de 156 representantes de vários segmentos (agricultores familiares, nutricionistas, povos de matrizes africana, comunidades tradicionais, representantes de colegiado territoriais, professores do curso Agroecológico da UFPB/Bananeiras). Ao final dos debates, foram escolhidos 14 delegados do poder público e 37 da sociedade civil.

Finalizado o ciclo das conferências regionais, a próxima etapa é a Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, que vai acontecer entre os dias 20 e 21 de agosto no Espaço Cultural em João Pessoa.

A titular da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária, Ana Paula Almeida, fez uma avaliação positiva de todas as conferências. “Foi um rico espaço de debate e de aprendizagem para os participantes de todas as regiões. Foram trazidas ideias e construídas propostas para que possamos garantir o acesso de toda sociedade a uma alimentação de qualidade, onde tivemos a oportunidade de ouvir e de contar com a participação das diversidades de grupos, movimentos sociais, várias ONGs, jovens, que atuam diretamente na política de Segurança Alimentar e nutricional”, observou.