João Pessoa
Feed de Notícias

Grupo Tático Aéreo divulga balanço da Operação Carnaval 2016 na Paraíba

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 - 16:24 - Fotos: 

O Grupo Tático Aéreo (GTA) da Secretaria da Segurança e Defesa Social da Paraíba realizou três resgates aeromédicos durante a Operação Carnaval 2016, segundo relatório divulgado nesta quarta-feira (10) com as ocorrências e voos de patrulhamento preventivo realizados pelo helicóptero Acauã desde o início das prévias carnavalescas até a terça-feira de carnaval. 

Segundo o comandante do GTA, coronel João Erivaldo Pontes, foram realizados três resgates aeromédicos, sendo dois na sexta-feira (5) e um no domingo (7), com as vítimas sendo socorridas para o Hospital de Trauma de João Pessoa. Além disso, o helicóptero Acauã realizou vários voos de patrulhamento preventivo aéreo em todos os bairros da região metropolitana de João Pessoa, a partir da quarta-feira (3), quando ocorreu o desfile do bloco “Muriçocas do Miramar” até o último dia de carnaval.

De acordo com o relatório, os resgates do sábado (5) aconteceram nas cidades de Alhandra e Lucena, quando um homem de 37 anos e uma idosa de 75 anos foram encaminhados para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. A idosa Maria Josefa da Conceição foi vítima de acidente vascular cerebral (AVC) em Alhandra, por volta das 8h26, sendo atendida pelo médico regulador Dr. Samir, que solicitou o apoio do helicóptero Acauã. A remoção para o Hospital de Trauma foi realizada em 18 minutos.

Já o motorista Josenildo Gomes da Silva, de 37 anos, foi atendido com quadro clínico de politraumatismo provocado por acidente automobilístico ocorrido na PB-025, no município de Lucena. “Devido à gravidade da paciente e pelo fato de não haver naquela localidade Unidade de Suporte Avançado, o helicóptero Acauã foi acionado, realizando um voo de resgate de aproximadamente 20 minutos até o Hospital de Trauma de João Pessoa”, relatou o coronel Pontes.

No domingo (7) mais um resgate foi realizado pelo helicóptero Acauã. Dessa vez foi à altura do km 107 da BR-101, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal, em Mata Redonda, na estrada que liga João Pessoa a Recife. A vítima foi o motorista Irapuan José Corrêa, que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e ao sentir-se mal parou o caminhão da empresa JH Transportes no acostamento da pista. Ele foi socorrido pela equipe do helicóptero Acauã e levado para o Hospital de Trauma de João Pessoa. Segundo o coronel João Erivaldo Ponteso trajeto foi realizado em 15 minutos.

Em relação aos voos de patrulhamento preventivo, os trabalhos começaram no policiamento do bloco “Muriçocas do Miramar”, quando toda a área percorrida pelo bloco teve o acompanhamento do helicóptero Acauã. Nos outros dias da prévia carnavalesca e durante o período de carnaval, o Acauã realizou voos de patrulhamento preventivo em vários bairros da Grande João Pessoa, entre eles Cabo Branco, Tambaú, Manaíra, Bessa, Intermares, Camboinha, Renascer, Mangabeira, José Américo, Cristo e Comunidade do Aratu.

No domingo de carnaval, foram realizados voos preventivos sobre as praias do litoral norte e sul da Paraíba, como Coqueirinho, Tabatinga, Jacumã, Jacarapé, Seixas, Penha, Cabo Branco, Tambaú, Manaíra, Bessa, Intermares, Camboinha, Areia Vermelha e Cabedelo.

 “Durante o carnaval o helicóptero ficou à disposição das Forças de Segurança, no enfrentamento à violência por meio de atividades de prevenção e repressão. Nosso equipamento tem uma autonomia de três horas e meia de voo, podendo atingir uma velocidade máxima de 130 nós, o equivalente a 280 quilômetros por hora. Quanto ao espaço, a capacidade é para até sete pessoas e ainda equipamento, armamento e suprimento, além da possibilidade de carga externa de até uma tonelada. Para resgate, são transportadas, além dos pilotos, a vítima em uma maca, um médico e um paramédico”, explicou o comandante do GTA.