João Pessoa
Feed de Notícias

Grupo de teatro encena peça de Joacil de Brito na Semana Santa

terça-feira, 12 de abril de 2011 - 10:19 - Fotos: 

O Centro Cultural Joacil de Britto Pereira em parceria com o grupo de teatro ‘Porta Cênica’ apresenta no próximo dia 15 (sexta-feira), às 19h30, no Adro da Igreja São Francisco, em João Pessoa, o espetáculo “Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo”.

A peça é do escritor Joacil de Britto Pereira com direção e adaptação de Kalline Pereira de Brito e tem como foco principal a discrição de passagens bíblicas, utilizando-se de elementos simbólicos. A diretora explica que o foco narrativo não baseia-se em construções pré-concebidas. A PBTur apóia a encenação da peça, através da divulgação junto aos meios de comunicação do Estado.

Encenação - A peça será encenada pelos alunos da Oficina de Teatro da Ong ‘Porta Cênica’ e atores convidados. A produção é do Flávio Freitas, iluminação e sonoplastia de Roberto Cartaxo, Coreografia de Denilce Regina, figurino de Vilmara Georgina e conta com a participação do Coral Maestro Pedro Santos, da Assembléia Legislativa, regido pela Maestrina Socorro Estrela.

A diretora Kalline Brito revela que a encenação é baseada inteiramente na didática que procura uma distanciação entre personagens. “Provoca ao espectador a capacidade de refletir sobre as mensagens de Jesus, tendo compromisso com a narrativa convencional, onde o elemento verossímil surge justamente do resgate de uma pré expressividade já latente em cada um de nós”.

Para tanto, ela explica que a encenação exercita o afastamento do ator, personagem e época usando como artifícios as máscaras, os tecidos, antigos cânticos, geometrias e elementos comuns da nossa cultura de forma real e autêntica, fazendo juízo de valores sobre o que está a ser representado. “Narrando um tempo antigo para encenar uma nova linguagem cênica”, destacou Kalline Brito.

Entre atores e bailarinos estão: Adones Santos, Ana Valentim (Maria), Dudha Moreira (Isabel/Madalena), Erik Breno, Fabiana Rodrigues, Horieby Ribeiro (João Batista/ Judas), Ismar Pompeu (Nicodemos/Caífas), Janaína Araújo, Jaqueline Lima, Joseni Alves, Juliana Garcia, Kelly Maurien, Kilma Farias (Salomé), Lourdes Rodrigues, Luana Serrão, Luana Vieira, Marcos Brandão (Zacarias/Satanás/Pilatos), Marcos Pinto (Evangelista Mateus e Herodes), Monique Feliciano, Rodolfo Pereira, Romarta Ferreira, Sebastião Formiga, Sidney Veloso, Suzy Kelly, Walter Olivério e Wiliams Muniz (Jesus).

Personalidade – O escritor e imortal Joacil de Britto Pereira, já formado em Direito, escreveu algumas peças publicadas ou levadas à cena, e até uma delas premiada. A peça ‘ A Maldição de Carlota’ foi encenada, primeiramente, no Teatro Santa Roza, em João Pessoa, em Areias e em outros municípios. Posteriormente escreveu ‘Olga Benário Prestes’,que recebeu o Prêmio Nacional, na categoria de teatro, Prêmio Elpídio Câmara. As duas primeiras foram dirigidas por Fernando Teixeira e Produtor Cultural Raimundo Nonato. E agora será encenada a Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo.