Fale Conosco

25 de junho de 2009

Governo vai reconstruir Camará e concluir barragem Jandaia



O Governo do Estado vai reconstruir, com recursos próprios, a barragem Camará e concluir a construção da barragem Jandaia, ambas no Brejo paraibano. As obras no maciço e no sangradouro de Jandaia deverão começar em julho, com estimativa de conclusão em dezembro. A barragem Jandaia, localizada na cidade de Bananeiras, vai beneficiar 123 mil habitantes dos municípios de Bananeiras, Solânea, Borborema, Araruna, Riachão, Dona Inês, Campo de Santana, Damião, Cacimba de Dentro, Arara, Serraria, e Casserengue.

A barragem estava praticamente pronta em 2002, mas sua construção foi suspensa em 2003. Jandaia é um reservatório com capacidade de acumular 10 milhões de metros cúbicos d’água e tem 597 metros de comprimento. Sua utilidade é o abastecimento humano e a sustentabilidade econômica da região com atividades de piscicultura e irrigação.

De acordo com o secretário da Infraestrutura, Francisco Sarmento, à época de sua construção a barragem Jandaia custou cerca de R$ 12 milhões. Em 2004 a obra sofreu sérios danos com as enchentes e nada foi feito para que o empreendimento não fosse danificado. Faltava concluir o sangradouro.  A estimativa é de que serão necessários cerca de R$ 12 milhões para sua conclusão.

Camará – Uma nova licitação será providenciada para a reconstrução da barragem Camará, localizada no município de Alagoa Nova. O reservatório também vai assegurar água para os municípios de Alagoa Grande, Areia, Esperança, Lagoa Seca, Remígio, Matinhas, Areial, Algodão de Jandaíra, e São Sebastião de Lagoa de Roça, uma população de 170 mil habitantes.

A barragem Camará, concluída em 2001, custou cerca de R$ 19 milhões. Para sua reconstrução a previsão é de cerca de R$ 20 milhões.Também será construída uma adutora com 150 quilômetros de extensão, com recursos previstos da ordem de 19 milhões. A previsão de investimentos nas três obras é de pouco mais de R$  50 milhões.

Josélio Carneiro, da Secom