Fale Conosco

6 de julho de 2012

Governo vai investir na ampliação de 153 Unidades Básicas de Saúde (UBS)



O Governo do Estado vai investir recursos da ordem de  R$ 15,4 milhões na ampliação e reforma das 153 Unidades Básicas de Saúde (UBS) em funcionamento na Paraíba.  Os recursos fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). De acordo com a gerente Executiva de Atenção à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Patrícia Assunção,  esses investimentos buscam melhorar  e ampliar o acesso da população aos serviços básicos de saúde.

Patrícia Assunção explicou que as UBS estão inseridas nas redes prioritárias do Ministério da Saúde (MS), que buscam desafogar os atendimentos nas emergências, ampliar a assistência especializada e representam a porta de entrada preferencial do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo desses postos é atender até 80% dos problemas de saúde da população, sem que haja a necessidade de encaminhamento para hospitais. São locais que oferecem atendimentos básicos e gratuitos em Pediatria, Ginecologia, Clínica Geral, Enfermagem e Odontologia.

Os principais serviços oferecidos pelas UBS são consultas médicas, inalações, injeções, curativos, vacinas, coleta de exames laboratoriais, tratamento odontológico, encaminhamentos para especialidades e fornecimento de medicação básica.

Atendimento – Sempre que procurar uma UBS, o cidadão deve levar um documento de identificação pessoal (Carteira de Trabalho, RG, Carteira Nacional de Habilitação) e, se possível, o Cartão do SUS. Se o atendimento for para uma criança (Certidão de Nascimento ou a Carteira de Vacinação) é necessário levar os documentos ou do responsável.

Cada Unidade é responsável por atender uma determinada área da cidade,  por essa razão  a pessoa deve procurar  a UBS mais próxima de sua residência para garantir o atendimento.