João Pessoa
Feed de Notícias

Governo vai intensificar investimentos para reestruturar rede hospitalar da PB

quinta-feira, 12 de maio de 2011 - 19:38 - Fotos:  Ernane Gomes/Secom-PB

Secretário Waldon de Sousa apresentou projeto ao MPPB - Ernane Gomes/Secom-PB

O secretário estadual de Saúde, Waldon de Sousa, apresentou nesta quinta-feira (12) ao Ministério Público da Paraíba todo o projeto de reestruturação da rede de serviços hospitalares e o volume de investimento que o Governo do Estado deverá efetuar para oferecer melhores condições de funcionamento às unidades.

Na reunião, estiveram presentes procurador-geral de Justiça do Estado, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, e mais 21 promotores de Justiça do Estado. O evento aconteceu no auditório do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de João Pessoa (1° Caop), no Centro da Capital.

O MP recebeu um documento com a relação de 76 unidades hospitalares, que vão receber um num investimento de R$ 5 milhões por mês. Cada região orçamentária terá um recurso pré-definido para a estruturação de uma unidade hospitalar que torne os serviços mais próximos da população e melhore o funcionamento da rede.

Além da rede hospitalar, o secretário Waldson de Souza destacou a inclusão, no planejamento do Governo, da construção do Centro de Oncologia de Patos e de pelo menos seis Centros de Imagem no Estado (tomógrafo, mamógrafo, ultrassonografia e endoscópio). Há ainda, segundo ele, a elaboração de planejamento para construção de quatro Centros de Hemodiálise, um em cada Macro Regional de Saúde da Paraíba.

Dificuldades encontradas – Durante o encontro, Waldson de Sousa teve a oportunidade de mostrar os problemas identificados em janeiro desse ano, a exemplo de hospitais fechados e outros sucateados, além de falta de medicamentos e equipamentos necessários para atender a população da Paraíba. Para resolver alguns desses problemas, o secretário afirmou que o Estado teve que fazer algumas intervenções nas unidades de saúde para garantir o atendimento.

Entre as medidas apresentadas, o secretário falou da ampliação e recuperação de unidades de saúde, reabertura  e inauguração de outras, a exemplo do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, que está para ser inaugurado no próximo mês.

“O Governo tem visitado o Estado para ver de perto as condições em que se encontra a rede hospitalar para, em parceria com as prefeituras, trazer de volta o atendimento médico-hospitalar e a prestação de serviços à população” garantiu o secretário.

Ele lembrou que já percorreu vários municípios e disse que em todos eles existem unidades saúde que precisam de melhorias, seja de infra-estrutura, equipamentos e outros problemas de gestão, para que voltem a funcionar a contento. Waldson Souza lembrou que em todas as regiões visitadas os prefeitos mostraram interesse em ajudar o Estado a reconstruir a saúde Paraíba, o que será feito por meio do processo de pactuação.

Cidades onde os hospitais vão receber investimentos do Governo:

Água Branca, Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alhandra, Araçagi, Arara, Araruna, Bananeiras, Barra de Santa Rosa, Barra de Santana, Belém do Brejo do Cruz, Bom Sucesso, Bonito de Santa Fé, Boqueirão, Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, Caaporã, Cachoeira dos Índios, Cacimba de Dentro, Cajazeiras, Catolé do Rocha, Conceição, Cubatí, Cuité, Dona Inês, Esperança (duas unidades), Fagundes, Frei Martinho, Gericó, Gurinhém, Igaracy, Ingá, Itabaiana, Juazeirinho, Junco do Seridó e Juru.

E ainda: Lagoa, Lagoa Seca, Lastro, Mamanguape, Marí, Massaranduba, Natuba, Nova Floresta, Nova Olinda, Olho D’Água, Pedra Lavrada, Piancó, Pilar, Pocinhos, Puxinanã, Rio Tinto, Santa Helena, Santa Rita, Santana de Mangueira, São Bento, São João do Cariri, São João do Rio do Peixe, São José da Lagoa Tapada, São José de Caiana, São José de Piranhas, São Mamede, Sapé, Seridó, Serra Branca, Soledade, Sousa, Sumé, Tavares, Teixeira (duas unidades), Uiraúna (duas unidades), Umbuzeiro e Várzea.