Fale Conosco

10 de agosto de 2016

Governo vai expandir sistema de atendimento na abertura de novas empresas na Paraíba



Até o final do ano, a Paraíba deverá inserir no sistema da Junta Comercial os serviços para emissão de documentos do Corpo de Bombeiros e Sudema, a fim de facilitar a abertura de novas empresas no Estado, segundo revelou o secretário de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), Lindolfo Pires, ao participar, na manhã desta quarta-feira (10) do 3º Workshop SigFácil – Fortalecendo o Registro Empresarial com a presença de 11 juntas comerciais brasileiras e representações do Sebrae de cinco Estados do País.

Lindolfo destacou a escolha do local do evento na orla de João Pessoa, especialmente a Praia de Tambaú, por ser uma das mais belas do País e lembrou do compromisso e meta do governo a fim de desburocratizar o sistema para facilitar a abertura de novas empresas na Paraíba. “Precisamos facilitar a vida dos executivos que desejam apostar no nosso Estado, a fim de criar um cenário propício para que eles possam contribuir no desenvolvimento de nossa economia, tornando o Estado mais competitivo em nível nacional”, disse.

O secretário do Turismo e Desenvolvimento Econômico também adiantou que entendimentos institucionais vêm sendo articulados para inserir, a partir do próximo ano, a participação das prefeituras municipais que deverão implantar um ambiente favorável para a expansão das empresas e garantir a interiorização do desenvolvimento econômico. Ele ainda destacou a parceria do Sebrae como um importante e decisivo colaborador neste processo.

O diretor presidente da Vox Tecnologia, empresa responsável pelo desenvolvimento do software SigFácil, James Matos, disse que o evento é um desafio que tem o objetivo de unificar os procedimentos adotados pelas juntas comerciais e um ambiente para se discutir e adotar as melhores ideias. “Outra novidade que devemos em pouco tempo implantar será a integração com a Receita Federal para facilitar a vida dos empresários e evitar, por exemplo, problemas gerados no conflito de dados”, informou.

Já o presidente em exercício da Junta Comercial da Paraíba, Aderaldo Gonçalves, afirmou que a instituição passou por reformulações importantes na atual gestão em práticas e rotinas desenvolvidas pelos colaboradores para assegurar a efetividade e eficácia da implantação do sistema SigFácil e outras ferramentas. “Tudo isso, para tornar o processo de abertura das empresas mais ágil e prático”, destacou.