João Pessoa
Feed de Notícias

Governo traça estratégias para o enfrentamento a violência letal contra crianças e adolescentes

segunda-feira, 12 de março de 2012 - 10:52 - Fotos:  Severino Pereira

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), o Ministério Público Estadual (MP) e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República discutiram na tarde da última sexta-feira (09) o enfrentamento a violência letal contra crianças e adolescentes na Paraíba. Segundo dados da Política de Proteção da criança e adolescente da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, desde 2010 existem inscritos no programa 21 solicitações.

A ideia da parceria é garantir segurança das crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade, com risco de perder a própria vida. A Secretária Aparecida Ramos da Sedh destacou que está sendo concretizada, pela primeira vez na Paraíba, uma ação de proteção voltada para crianças e adolescentes que têm a vida ameaçada.

“Foi efetivada entre o Governo do Estado, Ministério Público e Governo Federal a proteção a essas crianças e adolescentes que estão sendo ameaçadas de morte e isso é algo extremamente importante que não existia na Paraíba. Agora, a gente começa a dar corpo e vida à política concreta para criança e adolescente nas suas várias frentes e faces”, frisou.

União – A promotora da infância e juventude do Ministério Público, Soraya Escorel, destacou que hoje existe uma união entre os poderes que vai dar mais força ao enfrentamento a violência contra a criança e o adolescente no Estado.

“Acredito que a partir desta reunião com Governo Federal e com o firmamento do compromisso da secretária Aparecida Ramos, que representa o Governo do Estado, nós temos a certeza de que este ano ainda teremos como salvar mais crianças e adolescentes na Paraíba, porque há uma união e não uma fragmentação de ações”, afirmou a promotora Soraya Escorel.

Proteção – A coordenadora do Programa de Proteção de Crianças e Adolescentes da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Solange Xavier, ressaltou que existem 21 solicitações no Programa de Redução da Violência Letal (PRVL).

“O Estado desde 2011 tem uma Comissão para acompanhar estes casos de violência e estamos fortalecendo esta ação que tenta coibir a morte de crianças e adolescentes. Desde 2010, temos 21 solicitações da Paraíba, mas não significa dizer que todos entraram no Programa. Com esta reunião com a secretária Cida Ramos e o Ministério Público estamos progredindo muito no enfrentamento a violência contra criança e adolescente no Estado”, acrescentou.