João Pessoa
Feed de Notícias

Governo reúne técnicos e veterinários para elaborar campanha contra febre aftosa

quinta-feira, 14 de abril de 2011 - 17:31 - Fotos: 

A secretaria Estadual do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap) reuniu nesta semana, em Campina Grande, médicos veterinários, coordenadores da área da defesa animal e chefes das Unidades Locais de sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs) de todo os municípios do Estado. O encontro foi para discutir o planejamento e montar estratégias para preparar profissionais da área para a campanha de vacinação contra febre aftosa, que começa no dia 1º de maio.

O gerente Executivo da Defesa Agropecuária, Jamir Mascena de Sousa, coordenou a reunião, que aconteceu de 9hs as 16hs, na sede da Ulsav. “O evento foi para discutir providências para a primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa de 2011”.

Segundo Jamir, ficou definido que todos os envolvidos na campanha deverão conscientizar os produtores, criadores e agricultores rurais com visitas in loco, apresentando palestras e visitando feiras livres e mostrando a obrigatoriedade da vacinação contra aftosa. E também mobilizar a sociedade para o cuidado com a saúde pública. “Vamos juntos buscar a melhoria de qualidade, sanidade e da produção, como forma de elevar a rentabilidade na comercialização”, convocou.

A meta da campanha de vacinação contra febre aftosa, que será de 1º a 31 de maio, é vacinar 100% do rebanho estimado em 1.269.451 bovinos e 1.269.451 bubalinos em 81.587 propriedades rurais em todo Estado.

Além dos funcionários da Defesa Agropecuária, também participaram da reunião dois técnicos do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, de Brasília, Elvio Cazola e Cátia Santos de Brito, que estão visitando a Paraíba com o objetivo de fornecer apoio técnico a partir das necessidades detectadas nas visitas de campo e feiras livres, orientando para o pleito que todos os Estados do Nordeste almejam chegar à área livre da febre aftosa com vacinação.

O secretário Executivo da Agropecuária, Rômulo Montenegro, que também coordena a Defesa Agropecuária do Estado, junto com o secretário da Sedap, Marenilson Batista, informou que a campanha de vacinação contra febre aftosa do ano passado, realizada em outubro de 2010, só atingiu 73,4%, índice bem abaixo do exigido pelo Ministério da Agricultura, que recomenda acima de 90%.

Durante a reunião, o gerente Executivo da Defesa Agropecuária mostrou aos participantes os números da situação dos municípios em relação à cobertura vacinal do ano de 2010. Ele apresentou, através de gráficos, os dados referentes ao cadastro de propriedades de que 32 municípios paraibanos na campanha passada ficaram em estado gravíssimo, só vacinando 14,3% do rebanho; 104 municípios estão em estado grave, 50 municípios estão regular e somente 37 municípios da Paraíba atingiram a classificação com vacinação acima de 90%.

“A situação da Paraíba é crítica em relação à vacinação contra febre aftosa. Não podemos repetir a campanha passada, temos que unir uma força tarefa e cumprir o que determinou o governador Ricardo Coutinho e a Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária, acabar de vez com a febre aftosa na Paraíba”, concluiu Jamir Mascena no final do encontro.