Fale Conosco

17 de janeiro de 2014

Governo requisita acompanhamento psicológico para irmãs vítimas de estupro em Santa Rita



O Governo do Estado, por meio da Polícia Civil, requisitou o acompanhamento de profissionais do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Santa Rita, a fim de prestar assistência psicológica para duas irmãs de 12 e 14 anos, vítimas de estupro na cidade, que fica na região metropolitana de João Pessoa. Um exame realizado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) constatou que o sêmen colhido em uma das vítimas não é do cantor Cristiano Vasconcelos Silva, 36, até então apontado como suspeito dos crimes. Ele foi solto na manhã desta sexta-feira (17).

De acordo com o delegado seccional de Santa Rita, as investigações para elucidar a autoria seguem andamento, já que outro exame, de conjunção carnal, também realizado pelo IPC, constatou que realmente as meninas foram estupradas. “As vítimas já foram ouvidas novamente e isso também acontecerá com as testemunhas e familiares”, acrescentou.

O estupro das irmãs aconteceu em dezembro de 2013 e desde então a polícia de Santa Rita investiga o caso. “Somos criteriosos com o procedimento e todos os atos estão sendo acompanhados pelo Judiciário”, frisou o delegado.