Fale Conosco

29 de abril de 2013

Governo reforma cadeia e transfere detentos no município de Prata



A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) transferiu oito detentos da Cadeia Pública do Município de Prata para a Comarca de Monteiro. A transferência foi necessária por causa dos trabalhos de reforma na cadeia pública de Prata. Por enquanto, a unidade vai ficar interditada, até que os reparos no prédio sejam concluídos.

De acordo com o secretário titular da pasta, Wallber Virgolino, a escolta dos apenados foi realizada pelo Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE) e o Grupo de Escoltas e Apoio a Recapturas, recém-criado pela Secretaria.

Grupos operacionais -Várias operações especiais já foram coordenadas pelo GPOE, entre elas, a transferências de criminosos de alta periculosidade do PB-1, em João Pessoa, para o presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

As ações ganharam reforço nos últimos dias, com a criação do Grupo de Escolta e Apoio a Recapturas, que tem a missão de realizar o translado de presos para fóruns, cartórios e hospitais.

Segundo informou o secretárioWallber, o grupo passou por treinamento específico, em João Pessoa, antes de entrar em ação. “Uma das vantagens dessa equipe é justamente não ter que desfalcar o efetivo de agentes que estão de plantão, para cumprir missões fora do presídio. Caso seja necessário realizar alguma escolta, o grupo é acionado e realiza a tarefa”, explicou o secretário.