Fale Conosco

26 de novembro de 2012

Governo reforça combate à violência contra a mulher



Flutuante-estatico-ViolenciacontraamulherO Governo do Estado, por meio das Secretarias de Estado da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh) e Comunicação (Secom/PB), está engajado na campanha educativa e fortalece as políticas públicas de enfrentamento à violência contra a mulher. As ações integram também a campanha dos “16 Dias de Ativismo”, realizada pelos movimentos sociais, de mulheres e governos.

O Governo do Estado tem trabalhado para ampliar e fortalecer a rede integrada de serviços voltada para prevenir e combater a violência contra a mulher em toda a Paraíba, bem como dar assistência às que forem vítimas de qualquer tipo de violência.

A secretária titular da Semdh, Iraê Lucena, informou que a Semdh e Secom/Pb, em parceria com demais secretarias e o Sistema Paraíba de Comunicação (TVs Cabo Branco e Paraíba, Jornal da Paraíba e rádios FM/AM) estão realizando a campanha “Violência contra a Mulher. Denuncie. Você não está sozinha”.

“A campanha tem o objetivo de fortalecer o enfrentamento à violência contra a mulher na Paraíba, estimulando às mulheres em situação de violência a buscarem ajuda e, principalmente denunciar os agressores, através do disque 197, da Polícia Civil ou 180 do Governo Federal.”

A Semdh, por meio da Gerência de Equidade de Gênero vem desempenhando ações de combate à violência, com formulações de políticas públicas voltadas para a melhoria e ampliação dos equipamentos da Rede de Atenção, ainda com a realização de formações, capacitações e campanhas educativas, sensibilizando profissionais que atuam com mulheres em situação de violência, além de pactuações de acordos e parcerias com as demais secretarias e com o Governo Federal. A Semdh vem também fortalecendo o diálogo com a sociedade civil, através dos movimentos sociais e de mulheres.

“Recentemente foi implantado um plano de ação emergencial para Enfrentamento a Violência contra a Mulher, na região metropolitana de João Pessoa, com o objetivo de definir ações estratégicas e discutir com gestores, profissionais da Rede de Atenção e com os movimentos sociais e de mulheres, a realidade da violência contra a mulher, e de forma coletiva, construir estratégias de enfrentamento a violência nos municípios”, informou a secretária executiva da Semdh, Gilberta Soares.

Políticas de enfrentamento à violência- O Governo vem desenvolvendo uma série de ações, projetos e campanhas de valorização e reconhecimento das políticas públicas para as mulheres na região.