João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realizará série de eventos dedicados à mulher, durante março

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010 - 19:56 - Fotos: 
O Governo do Estado, através do Programa Estadual de Políticas para Mulheres (PEPM), realizará de 8 a 31 de março uma vasta programação dedicada ao Dia Internacional da Mulher (8/3), em parceria com prefeituras municipais e organizações sociais. As atividades a serem desenvolvidas também terão um caráter intersetorial e, na tarde desta segunda-feira (25), a gerente do PEPM, Douraci Vieira, coordenou uma reunião com diversas secretarias e órgãos governamentais no auditório da Procuradoria Geral do Estado, com o objetivo de discutir sobre as ações que serão efetuadas.

Durante a reunião, foram recebidas e avaliadas propostas, principalmente para a atividade que será o ponto alto da programação: o 1º Círculo de Arte e Cultura, de 8 a 10 de março, no Espaço Cultural José Lins do Rego, no Bairro de Tambauzinho, em João Pessoa. O evento contará com a participação de mulheres moradores de várias regiões do Estado, incluindo comunidades quilombolas e indígenas, trabalhadoras rurais e urbanas. Serão realizadas atividades culturais, como apresentações de dança e shows musicais protagonizados por mulheres, exposições e uma feira de mulheres produtoras, além do oferecimento de serviços e programas governamentais, em áreas diversas, como saúde, educação, assistência social, entre outras.

Equidade de gênero – De acordo com Douraci Vieira, a realização do 1º Círculo de Arte e Cultura representa mais uma reafirmação do compromisso assumido pelo Governo do Estado da Paraíba em promover a equidade de gênero. “A criação do Dia Internacional da Mulher não tem apenas o papel comemorativo. Embora sejam relevantes as conquistas já alcançadas, precisamos continuar pensando e discutindo a participação da mulher na sociedade atual, com destaque para a realidade local. Esse tema ainda exige sérias reflexões e uma mudança de mentalidade de cidadãos e cidadãs, no sentido de superar o preconceito e a desvalorização da mulher”, explicou a gerente do PEPM.

Douraci enfatiza que a discriminação ainda existe em grande escala, seja de forma explícita ou disfarçada. Machismo, violência contra a mulher e até mesmo desvantagens na carreira profissional são algumas formas em que o sexismo se manifesta. Diante dessa problemática, se faz necessária a construção de novos valores baseados em princípios humanitários de igualdade, respeito, tolerância, dignidade e valorização da pessoa humana.

Entre as participantes da reunião desta segunda-feira, representantes das secretarias da Saúde, Educação e Cultura, Administração, Segurança Pública, Acompanhamento e Ação Governamental, Agricultura e Pesca, Finanças, além do Comando Geral da Polícia, Corpo de Bombeiros, Procuradoria Geral do Estado, Agevisa, Fundação Casa de José Américo, PBTur, Codata e Fundac. Outras secretarias e órgãos também já confirmaram participação na programação, a exemplo da Secretaria de Desenvolvimento Humano.

Fabiana Nóbrega, Assessoria de Imprensa da Casa Civil