João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realiza Semana de Doação de Leite Materno

quarta-feira, 15 de maio de 2013 - 09:08 - Fotos:  José Lins/Secom-PB


A Paraíba vai comemorar, de 20 a 24 de maio, a I Semana Estadual de Doação de Leite Materno, aprovada pela Lei 9.956 de 11 de janeiro de 2013, que tem como objetivo principal a divulgação da estratégia dos Bancos de Leite Humano pelos diversos setores da sociedade. Durante toda a semana, a Rede de Bancos de Leite do Estado, com seus seis bancos de leite e 16 postos de coleta, vão realizar atividades para incentivar a doação.

O Banco de Leite Anita Cabral, em João Pessoa, vai mobilizar estudantes de Enfermagem e Nutrição de faculdades da Capital, disponibilizar cantinho da beleza para as doadoras, além de café da manhã e lanche para as usuárias do banco de leite, com palestras enfocando a importância da doação de leite materno. O encerramento da semana será realizado na sexta-feira (24), no Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor), a partir das 9h, com a presença da primeira-dama do Estado, Pâmela Bório.

Nos Bancos de Leite do Instituto Elpídio de Almeida (ISEA), em Campina Grande, no Banco de Leite Humano Merijane Claudino da Silva, em Guarabira, e no Posto de Coleta de Leite Humano Noemi de Hollanda Mariz, em Sousa, serão realizadas diversas atividades, como capacitação de profissionais sobre aleitamento materno, ordenha e armazenamento, dinâmicas relacionadas à doação de leite materno com as mães da semi-intensiva e mãe-canguru, vídeo-palestra para as mães, point da doação de leite materno, com panfletagem e orientação sobre doação, plantão de dúvidas com entrega de brindes.

Segundo a diretora do Centro Estadual de Referência para Bancos de Leite Humano Anita Cabral, Thaíse Ribeiro, é necessário que a sociedade se sensibilize para a importância da doação de leite materno. “Com essa lei sancionada toda a sociedade será convidada para aderir à campanha de doação de leite materno, que pretende chamar atenção para a importância que o leite doado propiciará para a redução da mortalidade neonatal no Estado, pois cada vez mais cresce a demanda por leite humano pasteurizado para suprir às necessidades dos bebês internos nos leitos neonatais e em especial das UTI’s neonatais da Grande João Pessoa. Precisamos, em média, de 200 litros de leite materno por mês, só nessa região, para poder suprir a demanda de 300 receptores”, disse.

Banco de Leite Anita Cabral – Durante o ano de 2012, o Banco de Leite Anita Cabral coletou mais de 4 mil litros de leite materno e distribuiu 4,5 mil litros. O número de doadoras foi superior a 4.300 e mais de 7 mil recém-nascidos foram beneficiados com leite humano. Atualmente, o Estado conta com uma rede formada por seis bancos de leite: Anita Cabral e Dra Zilda Arns, em João Pessoa; Merijane Claudino da Silva, em Guarabira; Banco de Leite do ISEA, em Campina Grande; Banco de Leite Dra Vilani Kehrle, em Patos; e Banco de Leite Humano de Cajazeiras. Outros 16 postos de coleta de leite humano estão distribuídos entre João Pessoa, Santa Rita, Guarabira, Solânea, Itabaiana, Campina Grande, Santa Luzia, Bonito de Santa Fé e Sousa.

De acordo com Thaíse Ribeiro, a rede coleta, por mês, uma média de 400 litros de leite humano. O leite coletado atende a cerca de 500 recém-nascidos. A Paraíba ocupa o primeiro lugar no Nordeste em número de unidades pertencentes à Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, com 22 serviços oferecidos.

Essas unidades trabalham para abastecer de leite humano as unidades neonatais e semi-intensivas do Estado e para distribuir esse leite aos prematuros e recém-nascidos que não podem ser amamentados diretamente no seio materno. O produto auxilia na recuperação do quadro clínico da criança, atuando também como agente farmacológico.

Segundo Thaíse Ribeiro, está comprovado que o aleitamento materno é a forma mais eficaz, de baixo custo e acessível para a redução da mortalidade infantil. A amamentação ainda auxilia na prevenção de doenças crônicas e a mortalidade na vida adulta e nos idosos, principalmente relacionado à obesidade e doenças correlatas.

Para doar – Toda mulher que tem excesso de produção láctea pode ser doadora e ajudar a salvar as vidas de centenas de crianças prematuras. Para doar, é só entrar em contato com o Banco de Leite Humano Anita Cabral pelo telefone 3215-6047 e esperar que uma equipe do banco entregue o kit de doação (vidros, máscara e touca) em domicílio. “Nós nos responsabilizamos por passar semanalmente na casa da doadora, em dia pré-estabelecido, para pegar o leite coletado”, garantiu Thaíse.