João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realiza segunda edição da Jornada de Inclusão Produtiva em Uiraúna

quarta-feira, 18 de setembro de 2013 - 17:00 - Fotos: 

O Governo do Estado realizou nesta quarta-feira (18), em Uiraúna, no Alto Sertão, a segunda edição da Jornada de Inclusão Produtiva. O evento começou às 8h, na AABB, e a estimativa de público, segundo o coordenador da Emater em Sousa, Francisco de Assis de Bernardino, foi superior a 400 pessoas, a maioria delas agricultores familiares e representantes de setores agropecuário do município e região.

Durante todo o dia, os técnicos da Emater atenderam às demandas dos agricultores e a população em geral com a distribuição de mudas frutíferas, demonstrações práticas de silagem e fenação, elaboração de projetos de crédito diversos, orientação sobre comercialização e outras ações.

De acordo com o presidente da Emater, Geovanni Medeiros, em depoimento dado na Jornada de Inclusão Produtiva de Aparecida, as Jornadas têm a finalidade de esclarecer dúvidas dos agricultores familiares, dando-lhes oportunidade de acesso a programas e políticas públicas para a agricultura familiar, participação no Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), entre outros.

O foco que estamos dando é no atendimento a todos os agricultores necessitados, tanto em termos de acesso a serviços quanto de inclusão produtiva agrícola e, principalmente, na área de renda. Todos nós trabalhamos com um mesmo objetivo e atuando nos seguintes eixos: garantia de renda, inclusão produtiva rural e “urbana” e acesso a serviços”, comentou o tecnólogo em cooperativismo da Emater, Fábio Pereira de Sousa.

O Governo do Estado, através da Emater, vem trabalhando com o intuito de oferecer subsídios para que os agricultores possam amenizar os efeitos da estiagem em suas atividades produtivas, com ações de convivência com o semiárido, como a distribuição de sementes de sorgo e raquetes de palma forrageira resistente à cochonilha do carmim, já que são espécies adaptadas a regiões semiáridas”, relatou o engenheiro agrônomo da Emater, Guilherme Sá Abrantes de Sena.

Estiveram presentes a este evento, o prefeito João Bosco, representantes do Banco do Nordeste, Agroamigo, Câmara de Vereadores, Secretaria de Ação Social, Secretaria de Agricultura, Secretaria de Saúde, STTR, Sindicato de Produtores Rurais, CMDRS e Associações.