João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realiza Residência Médica em Saúde da Família e Comunidade em Cajazeiras

sexta-feira, 4 de março de 2016 - 18:48 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde do Estado, o Ministério da Saúde, Faculdade Santa Maria e a Prefeitura de Cajazeiras, realizou na noite desta quinta-feira (3) a aula inaugural da Residência Médica em Saúde da Família e Comunidade. O evento aconteceu no auditório do Instituto Federal da Paraíba (Campus – Cajazeiras).

Autoridades de vários segmentos prestigiaram o evento, como o médico consultor do Ministério da Saúde, Jerzey Timóteo,que foi palestrante; a secretária executiva de Estado da Saúde, Maura Vanessa Sobreira, e o secretário de Saúde do município, Henry Witchael, além da prefeita de Cajazeiras, Denise Oliveira.

A residência formará cinco médicos para atender em quatro municípios da região do Alto Sertão paraibano (Cajazeiras, Sousa, Aparecida e Triunfo), dando cobertura em unidades do Programa Saúde da Família (PSF) e hospitais da rede de urgência e emergência. A residência também visa aperfeiçoar os profissionais de medicina no caráter sócio-político da profissão, já que eles devem cumprir uma das premissas sociais do SUS (Sistema Único de Saúde) que é atender comunidades de quilombolas, assentados, ciganos, entre outros.

– O que está acontecendo aqui está acontecendo junto com pelo menos 1.500 médicos que também fizeram a opção de fazer uma Residência de Medicina da Família. O Brasil está se preparando para ter profissionais mais capacitados para atuar na atenção básica – comentou o médico consultor do Ministério da Saúde, Jérzey Timóteo.

A secretária executiva de Saúde do Estado, Maura Sobreira, por sua vez, comentou que esse movimento é importante para poder ampliar o acesso à Atenção Básica na Paraíba. “A residência visa realmente fazer formação de médicos mais comprometidos com as necessidades de saúde da população, fortalecendo assim o SUS”, ressaltou.

– É extremamente essencial que Cajazeiras receba esses residentes porque nós temos muita carência de médicos na nossa cidade, e a abertura dessa Residência interioriza o trabalho desses médicos na região – disse a prefeita de Cajazeiras, Denise Oliveira.

Já o coordenador da Residência, professor Aristófanes Guglielmo, observou que o profissional de Medicina da Família e Comunidade, além de integrar um amplo conhecimento na área médica, também tem que ter um amplo conhecimento de outras áreas como Sociologia, Políticas de Estado, Gestão de Saúde, Antropologia e até Legislação. “Esse projeto visa, além de formar esses profissionais, que eles sirvam de exemplo para essas regiões no atendimento médico e ao mesmo tempo a gente provoque, na prática, que essa atenção primária passe a ser mais eficiente e cumpra o seu verdadeiro papel – enfatizou.