João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realiza encontro em Campina Grande ressaltando a importância da mulher na agricultura familiar

quinta-feira, 6 de agosto de 2015 - 13:49 - Fotos: 

Começou nesta quinta-feira (6), em Campina Grande, o Encontro de Mulheres do Semiárido Paraibano. O objetivo do Governo do Estado é contribuir para a pauta da igualdade de gênero e o fortalecimento de espaços de participação da mulher do campo, por meio do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), que conta com o total apoio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido.

Segundo a secretaria executiva da Secretaria, Mali Trevas, o evento, que tem como lema “Construindo participação e partilhando poder”, acontece nesta quinta-feira, quando começou, na Praça Clementino Procópio, a Feira das Mulheres do Semiárido, e segue com a programação até essa sexta-feira (7) no Hotel Day Camp.

Na Feira das Mulheres do Semiárido estão sendo expostos produtos de origem agrícola, como hortaliças orgânicas, polpas e compotas de frutas, e produtos de origem não agrícola, a exemplo do artesanato da renda renascença e a produção de vassouras agroecológicas com a utilização de garrafas pet.

Valorização da mulher do campo – Para Mali, se queremos manter as mulheres de todas as gerações no meio rural ou incitá-las a escolher este modo de vida, é necessário que as suas necessidades e a sua situação sejam mais tidas em conta pela política de apoio. Neste sentido, ela destaca que é importante ter em conta que, nas últimas décadas, a realidade das mulheres do meio rural se transformou e se diversificou consideravelmente, tendo sido as próprias mulheres, como indivíduos ou inseridas em grupos políticos feministas, que contribuíram para dar início e articular esta transformação.

“A tendência para estilos de vida individualistas coloca as mulheres perante o desafio de conciliar as suas percepções e responsabilidades no âmbito profissional, familiar e social. De igual modo, nas zonas rurais, as mulheres aspiram a realizar os seus projetos de vida, a assegurar a sua independência econômica e a fazer frente a desafios familiares. Nas condições impostas pela sociedade moderna, tal só é possível mediante a utilização de serviços de apoio e infraestruturas e estruturas de abastecimento que sejam acessíveis e apresentem custos razoáveis. Nesse intuito, foi proposta essa feira”, afirmou Mali Trevas.

Participam do encontro cerca de 80 agricultoras e artesãs dos territórios de atuação do Procase, além de representantes de instituições da sociedade civil e do poder público que desenvolvem ações voltadas para a pauta da igualdade de gênero, como o Cunhã – Coletivo Feminista, e a Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana.

“O encontro das mulheres é um espaço de formação, discussão e troca de experiências. Estamos contribuindo para o fortalecimento da pauta da igualdade de gênero, da autonomia da mulher do campo e, ao mesmo tempo, dando visibilidade às ações de convivência com o Semiárido existentes nas comunidades beneficiárias do Procase”, disse o coordenador do Procase, Hélio Silva Barbosa.