Fale Conosco

30 de janeiro de 2017

Governo realiza Encontro de Acolhimento aos Gestores Municipais de Saúde da Paraíba



O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba – COSEMS/PB, realiza nos dias 7 e 8 de fevereiro no Teatro Paulo Pontes, em João Pessoa, o evento ‘A Gestão da Saúde nas Cidades – Encontro de Acolhimento aos Gestores Municipais de Saúde da Paraíba’.

O encontro, que tem o apoio do Ministério da Saúde e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), tem por objetivo promover a aproximação das esferas da Gestão Estadual e Municipal da Saúde, além de abordar temas que esclareçam dúvidas e que promovam avanços, subsidiando os gestores na condução da saúde.

Estarão presentes na abertura solene, na terça-feira (7) às 19h, o presidente do CONASEMS, Mauro Junqueira, a secretária de Saúde da Paraíba, Cláudia Veras, a presidente do COSEMS/PB, Soraya Galdino, o procurador do Ministério Público Federal da Paraíba, José Guilherme Ferraz, e o presidente do Conselho Estadual de Saúde (CES/PB), Antônio Eduardo Cunha.

Na quarta-feira (8), das 9h às 17h, serão realizadas atividades em quatro mesas redondas, onde serão discutidos os seguintes temas: A Gestão Financeira do SUS e os Órgãos de Controle, Instrumentos de Planejamento e Gestão do SUS, Governança e Relações Interfederativas e o Financiamento do SUS – Perspectivas e Desafios.

De acordo com a gerente de Planejamento da SES, Marta Betânia Duarte, o Encontro de Acolhimento aos Gestores Municipais de Saúde da Paraíba representa o compromisso dos entes federativos em promover e fortalecer a Gestão de Saúde no estado. “O encontro busca acolher os gestores municipais, abrindo o diálogo, fortalecendo parcerias, expandindo possibilidades de apoio técnico à SES, visando a potencialização do conhecimento e da melhoria dos resultados na organização do trabalho a ser implementado nos próximos quatro anos, frente aos desafios e complexidade da política de saúde”, explicou Marta Betânia.