João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realiza “Dia D” da 33ª Campanha de Vacinação contra a Raiva Animal neste sábado

sábado, 28 de novembro de 2015 - 12:53 - Fotos:  Ricardo Puppe

Com objetivo de proteger cães e gatos, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), realiza a 33ª Campanha de Vacinação contra a Raiva Animal. O “Dia D” acontece neste sábado (28) em todo o estado, mas a campanha se estende até o dia 30 de dezembro.

O gerente operacional de Vigilância Ambiental da Secretaria de Estado da Saúde, Geraldo Menezes explica que a vacina contra a Raiva Animal pode ser encontrada durante todo o ano nos Centros de Zoonozes ou nas secretarias municipais de saúde. “O Dia D é hoje, mas os animais podem ser imunizados durante o ano inteiro, porém é preciso que a população participe e traga os animais já no período da campanha, época que ocorre uma maior massificação da vacinação. Quanto mais rápido o animal for protegido, melhor para o bem estar do animal e também da família”, alertou.

Geraldo Menezes informou como é realizada a distribuição da vacina para toda a rede de saúde no estado. “Primeiro encaminhamos para as Gerências Regionais de Saúde, que se encarregam de enviarem para todos os municípios. Durante todo o ano as gerências ficam abastecidas com o objetivo de atender as necessidades dos municípios”.

Um dos primeiros a comparecer ao posto de vacinação instalado na Secretaria de Estado da Saúde -PB foi Hugo Luna, com a cachorrinha Mel, de três anos. “Vim já neste primeiro dia porque entendo que a vacinação, além de ofertar um bem-estar ao animal, oferece um bem-estar também à família que convive com o animal”, justificou. Ele ainda fez um chamamento aos donos dos animais que não foram vacinados: “Cuidar de um animal é uma grande responsabilidade, é uma grande prova de amor e é um trabalho que é recompensado com alegria. Então quem ainda não vacinou, aproveite esta ocasião para proteger seus animais”.

A dona de casa Luzimar Araújo da Silva também não perdeu tempo e veio ao posto instalado na SES-PB neste “Dia D” para imunizar as duas cachorrinhas que cuida há cinco meses. “A vacinação é algo extremamente importante porque protege nossos animais, por isso estou aqui hoje, tenho muito medo da raiva animal, então vim para proteger meus animais”, pontuou Luzimar.

Na Paraíba, a meta é imunizar 604.992 animais, sendo 413.079 cães e 191.913 gatos. Para isso, está sendo colocada à disposição da população uma média de 600 postos espalhados nos 223 municípios, que estão funcionando das 8h às 17h, mobilizando aproximadamente mil profissionais de saúde.

Pelo sétimo ano consecutivo, está sendo utilizada a Vacina de Cultivo Celular em cães e gatos, que tem uma melhor resposta imunológica e ação mais duradoura e que faz parte do Plano de Eliminação da Raiva Humana transmitida por cães e gatos, principal  foco da doença no ciclo urbano, e do Programa Nacional de Imunização, protocolo assinado pelos países latinos, junto à Organização Mundial de Saúde (OMS). Devem ser vacinados todos os cães e gatos a partir de três meses de idade, em bom estado de saúde. Não há contraindicação e essa é a única forma de evitar a infecção rábica em cães e gatos, principais focos da doença no ciclo urbano.

A raiva – É uma doença infecciosa aguda, de etiologia viral, transmitida ao homem por meio de mordeduras, arranhaduras, lambedura de mucosas ou pele lesionada por animais raivosos, provocando uma encefalite viral aguda. A doença acomete o Sistema Nervoso Central, levando a óbito em curto espaço de tempo. É letal em aproximadamente 100% dos casos, por ser causada por um vírus mortal, tanto para os homens quanto para os animais. A única forma de evitá-la é a vacinação.

A raiva apresenta quatro ciclos de transmissão: no ciclo rural tem como principais transmissores os bovinos, caprinos, suínos, ovinos e equídeos; no ciclo silvestre, as raposas, guaxinins, macacos e roedores têm maior destaque na transmissão da doença; no ciclo aéreo, os morcegos representam maior perigo e no ciclo urbano os principais responsáveis pela manutenção do vírus rábico são os cães e gatos.

Telefone para os municípios ou Gerências Regionais de Saúde tirarem dúvidas: (083) 3218- 7455/7491.