João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realiza campanha “Outubro Rosa” para sensibilizar e alertar sobre câncer de mama

terça-feira, 29 de setembro de 2015 - 18:38 - Fotos:  Walter Rafael

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, iniciará nesta quinta-feira (1º), às 8h, a Campanha “Outubro Rosa” com uma caminhada para a conscientização das mulheres quanto ao câncer de mama, com a presença de autoridades, profissionais de saúde, representantes de ONGs que trabalham com o tema e a população em geral.

A concentração será na sede do Centro do Diagnóstico do Câncer, CEDC, na Av. Duarte da Silveira, nº 590, no centro, e a saída está prevista para as 9h30, em direção à sede da SES, na Av. Pedro II, na Torre, onde será realizada a abertura oficial, com apresentação do grupo Prima e um café da manhã. Durante a concentração, terá um mastologista do CEDC, dando informações sobre  prevenção.

A campanha acontece em todo estado com o incentivo às mulheres, para procurarem as Unidades de Saúde da Família (USF), dos seus municípios, com o objetivo de realizarem exames de mamografia de rastreamento na faixa etária de 50-69 anos, para a busca da prevenção contra o câncer de mama, o que mais acomete as mulheres, tanto em países desenvolvidos, como em desenvolvimento.

“A mamografia fora desta faixa etária, também pode ser realizada para efeito de diagnóstico, desde que a paciente apresente sintomas ou histórico de câncer na família e é feita conforme solicitação médica”, explicou a coordenadora estadual de Saúde da Mulher, Flávia Barbosa.

O nome “Outubro Rosa” remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama. O propósito é chamar a atenção para a importância do cuidado com o corpo, com ênfase nas mamas, por parte das mulheres.

Durante todo o mês de outubro, o CEDC oferecerá atendimento às mulheres com suspeita ou diagnóstico de câncer de mama, para acompanhamento e encaminhamento aos serviços especializados, quando necessário.

O Centro tem estrutura para receber toda a demanda do estado, com profissionais qualificados para os procedimentos de diagnósticos. Aliado a isso, têm laboratórios de citologia e patologia que auxiliam na confirmação do diagnóstico.

Óbitos e casos – Na Paraíba, foram registrados, em 2015, 143 óbitos. Em 2014, foram 241 e em 2013, foram 212 óbitos.

Para os anos de 2014 e 2015 são esperados, na Paraíba, 750 casos novos. Em João Pessoa, estima-se 260 casos novos e com um risco estimado de 66,48 a cada 100 mil mulheres.

Câncer de Mama – Os principais fatores de risco para desenvolver o câncer de mama são o envelhecimento, a vida reprodutiva da mulher, história familiar de câncer de mama, sedentarismo, idade, entre outros.

O objetivo da detecção precoce é reduzir a mortalidade por câncer de mama, por meio do exame clínico anual, a partir dos 40 anos e da mamografia, no máximo, a cada dois anos, para mulheres de 50 a 69 anos.

Uma das ações da Atenção Básica dos municípios é destinada ao cadastro e identificação das mulheres, a partir dos 40 anos, para desenvolver ações de promoção, prevenção, rastreamento/detecção precoce e cuidados paliativos.

Mamógrafos – De acordo com o Ministério da Saúde, a concentração mínima de mamógrafos por área geográfica, na Paraíba, deveria ser de 16 mamógrafos.

Na Paraíba existem 30 mamógrafos funcionando em convênio com o SUS, destes, 18 são da rede privada e 12 da rede pública, localizados em João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Guarabira, Monteiro, Patos, Itaporanga, Catolé do Rocha, Sousa, Princesa Izabel e Pombal.

Em todo Estado, em 2014, foram realizadas 49.943 mamografias de rastreamento, em mulheres de 50 a 69 anos e, em 2015, de janeiro a junho, foram 25.034.