Fale Conosco

12 de junho de 2018

Governo realiza atividade para marcar Dia de Combate ao Trabalho Infantil



Com o tema12 06 18 SEDH chega de trabalho infantil foto luciana bessa 4 270x183 - Governo realiza atividade para marcar Dia de Combate ao Trabalho Infantil “A História pode ser diferente! Trabalho Infantil não é a opção!”, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), realizou nesta terça-feira (12) uma ação para marcar o Dia Mundial de Enfrentamento ao Trabalho Infantil. O evento constou de distribuição de material educativo nas imediações do Liceu Paraibano, em João Pessoa, e teve como objetivo divulgar as ações que a Sedh desenvolve no enfrentamento do trabalho infantil e de sensibilizar a população em torno da temática.

A Sedh realiza o monitoramento e assessoramento aos 223 municípios do Estado, e de maneira mais próxima as 18 cidades que apresentam maiores índices de notificações de casos de trabalho infantil. Os municípios de Araruna, Areia, Bayeux, Santa Rita, Aroeiras, Cacimba de Dentro, Cajazeiras, Esperança, João Pessoa, Queimadas, São Bento, Patos, Lagoa Seca, Boqueirão, Cuité, Sousa, são algumas das cidades que recebem recursos Fundo-a-Fundo do Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), cujos valores são definidos de acordo com o porte do município.

Segundo a técnica de Referência Estadual das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), Anna Paula Batista dos Santos, “a presente ação com distribuição de material educativo visa à mobilização e enfrentamento ao Trabalho Infantil através da informação e sensibilização da sociedade civil, sobretudo para os adolescentes frente à problemática”.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) de 2016, divulgada em novembro passado, 40,1 milhões de crianças e adolescentes, com idade entre 5 a 17 anos, estão inseridos em atividades laborativas. Conforme dados disponibilizados pela Vigilância Sociassistencial da Sedh, foram contabilizados 88 casos de trabalho infantil de janeiro a junho de 2017 nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Regionais e Municipais da Paraíba.