Fale Conosco

29 de julho de 2013

Governo realiza ações de saúde pelo Dia de Luta contra Hepatites Virais



ses dia mundial de combate a hepatite foto antonio david 6 270x202 - Governo realiza ações de saúde pelo Dia de Luta contra Hepatites ViraisO Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (SES), realizou nesse domingo (28) mais uma ação para lembrar o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais. Das 7h ao meio dia, as pessoas que passaram pela Avenida Cabo Branco, na orla da Capital, puderam fazer o teste rápido para diagnóstico do HIV, sífilis e hepatite B e C. Além disso, houve a testagem de glicemia, verificação de pressão, distribuição de material educativo, preservativos e informativo sobre essas doenças, além de um café da manhã.

Segundo a professora Rosângela Lopes, que estava passando pelo local e resolveu parar para fazer o teste rápido, ações como esta são importantes para a conscientização da população. “A gente sempre acha que não tem nada, que está saudável e que nunca vai acontecer com a gente. Oferecer esses testes assim, em um local por onde tantas pessoas passam todos os dias, especialmente aos finais de semana, é uma ótima maneira de lembrar à população a importância de se cuidar, de fazer o teste”, disse.

O engenheiro químico Marcelo Carneiro, que estava fazendo sua caminhada matinal também aproveitou a ocasião para cuidar da saúde. “Isso aqui é muito bom. A gente precisa mesmo cuidar da nossa saúde e nós acabamos deixando algumas coisas pra depois por causa da rotina agitada. Por isso, estou aqui fazendo os exames e recebendo todas as orientações necessárias dos profissionais de saúde presentes”, disse.

De acordo com a diretora geral do no Hospital Clementino Fraga, Adriana Teixeira, desde o início dos trabalhos aproximadamente mil pessoas foram atendidas. Segundo ela, é importante a conscientização da população sobre estas doenças. “As hepatites são doenças silenciosas. Muitas vezes as pessoas têm e não sabem, e por meio desse evento a gente está dando oportunidades às pessoas para fazer o teste rápido, cuidando assim da sua saúde”, explicou.ses dia mundial de combate a hepatite foto antonio david 1 270x202 - Governo realiza ações de saúde pelo Dia de Luta contra Hepatites Virais

Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais - Ainda em alusão ao Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais, na semana passada a SES promoveu um seminário para gerentes e técnicos dos Centros de Dispensação de Medicamentos Excepcionais (Cedmex) e das Gerências Regionais de Saúde, onde foram discutidas as hepatites virais.

Na pauta do seminário, foi discutida a situação epidemiológica da doença no Estado, ampliação da idade da vacinação contra a hepatite B, que passou de 29 para 49 anos, e o novo serviço de dispensação de um inibidor de protease, medicamento de alto custo que é destinado a pessoas que estão no 3º e 4º grau de Hepatite B, ou seja, que já são considerados pacientes cirróticos. Essa medicação é enviada pelo Ministério da Saúde e o paciente tem que seguir todo um protocolo para ter direito ao remédio.

A gerente Operacional das DST\Aids e Hepatites Virais da SES, Ivoneide Lucena Pereira, disse que a partir desse seminário o Governo do Estado quer melhorar o fluxo e a qualidade do atendimento ao paciente com hepatites virais nos serviços de referência do Estado. Ela afirmou que o diagnóstico das hepatites A, B e C estão sendo realizados na Atenção Básica por meio do teste rápido. “Muitas pessoas têm a doença e não sabem e, com esse teste rápido, a patologia pode ser diagnosticada e tratada”, disse a gerente de saúde.

ses dia mundial de combate a hepatite foto antonio david 2 270x202 - Governo realiza ações de saúde pelo Dia de Luta contra Hepatites ViraisAlém disso, no último dia 24 foi inaugurado, no Hospital Clementino Fraga, o Ambulatório de Saúde para Travestis e Transexuais. Ivoneide Lucena Pereira explicou que à princípio o serviço irá atender cerca de 25 pessoas, mas acredita que esse público é muito maior em todo o Estado. Ela afirmou que toda a equipe que está trabalhando no serviço foi treinada e no ambulatório os travestis e transexuais têm atendimento nas áreas de endocrinologia, ginecologia e cirurgia plástica.

No dia da inauguração foi distribuído um folder com os horários e os dias de atendimento de cada especialidade. Ivoneide Lucena disse também que, em parceria com as Gerências Regionais de Saúde, está sendo montado um fluxograma de atendimento e cada gerência ficará encarregada de agendar a consulta e pelo deslocamento do paciente até serviço.

Números da doençaO Núcleo de DST/Aids e Hepatites virais da SES registrou 2.950 notificações da doença em 2012, e em 2013, 630 casos suspeitos até agora. Já confirmados, este ano, são 102 casos de hepatite A, 58 de hepatite B e 36 de hepatite C.

Prevenção - Este mês, o Ministério da Saúde ampliou a faixa etária de vacinação contra a hepatite B. A partir de agora, homens e mulheres com até 49 anos poderão receber a vacina gratuitamente em qualquer posto de saúde. Na Paraíba, a medida beneficia um público-alvo de mais de 3 milhões de pessoas. No ano passado, a idade limite para vacinação gratuita era até 29 anos. A vacina é a medida de prevenção mais segura e eficaz contra a hepatite B.ses dia mundial de combate a hepatite foto antonio david 4 270x202 - Governo realiza ações de saúde pelo Dia de Luta contra Hepatites Virais

A vacina também é oferecida aos grupos mais expostos à doença, independentemente da faixa etária, como gestantes, manicures, pedicures, podólogos, caminhoneiros, bombeiros, policiais civis, militares, rodoviários, doadores de sangue, profissionais do sexo e coletores de lixo domiciliar profissionais de saúde.

Em 2012, mais de 93 mil pessoas de 0 a 29 anos foram protegidas contra a doença. Já em 2013, até o mês de junho, 39.115 pessoas foram imunizadas no Estado. A vacina confere imunidade efetiva de 95% na terceira dose tomada. A vacina contra a hepatite B já pode ser encontrada em todos os postos de saúde dos municípios.