João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realiza ações de inclusão social e sustentabilidade na Sudema  

quinta-feira, 17 de agosto de 2017 - 17:17 - Fotos:  Divulgação

O Governo do Estado, por meio da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), está investindo em ações de inclusão social e sustentabilidade do meio ambiente, a exemplo dos projetos Vivendo Bem, com ressocialização dos conveniados  que prestam serviço à autarquia,  e  as oficinas de sabão ecológicos e  material pet. O objetivo é aliar a conscientização ambiental e a geração de renda, tudo conduzido por uma equipe multidiciplinar de pisicologia, assistência social e educadores ambientais.

De acordo com a coordenadora da Educação Ambiental da autarquia, Taciana Wanderley,  as iniciativas  têm como pilares a educação  ambiental e cidadania . “O projeto Vivendo Bem busca estimular o  desenvolvimento interpessoal  destes homens e mulheres. Por meio de atividades, tais como: palestras, cursos e dinâmicas,   os estimulando  e  os acolhendo em sua necessidade de expressão, assim como trabalhamos os aspectos da ressocialização”, informou.

“Isso que estamos fazendo não é só bom pra nós, mas para a empresa também. O que queremos é um novo caminho por meio de um trabalho digno, e assim melhorar a nossa vida”, disse o conveniado Jerônimo da Silva Gomes.

Oficinas – As oficinas para a fabricação de sabão ecologicamente correto e reutilização de material PET, são realizadas junto à população. Ambos se constituem como possibilidades de renda extra, mecanismos de compensação, premiação pela conservação e restauração de serviços ambientais e contribuição em relação a diminuição da quantidade de resíduos descartados.

A dona de casa Maria Silva, 45 anos, que participou da oficina de sabão ecológico, falou sobre as vantagens do aprendizado: “Dominar a técnica de transformar o óleo usado em sabão é uma maneira de gerar renda extra em casa.  Aprendi a reutilizar o material e agora economizo na compra de sabão tamém”.

“Buscamos nessas oficinas fugir um pouco do passo a passo habitual do repasse de informações meramente voltadas a sua feitura. Nesse sentido, antes da parte prática, nossos técnicos visam entender o perfil de cada população atendida, de modo que ofereça dicas condizentes com a sua realidade, sejam elas da parte de sustentabilidade como de meios que ajudem a garantir-lhes uma inclusão social de fato”, complementou Taciana.