João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realiza ação pioneira na UPA de Guarabira com serviços de saúde

segunda-feira, 27 de abril de 2015 - 12:30 - Fotos: 

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Guarabira realizou na manhã de sábado (25) um projeto pioneiro na Paraíba denominado “UPA na Comunidade”. O objetivo é levar os serviços de saúde que são oferecidos na UPA, diariamente, a todos os bairros de Guarabira.

A primeira edição do projeto aconteceu na comunidade Nossa Senhora Aparecida, onde os moradores tiveram acesso a exames de glicemia, tipagem sanguínea, verificação da pressão arterial e orientações sobre doenças infectocontagiosas. Ainda foram distribuídos preservativos e material educativo alertando sobre os cuidados com a dengue e a febre chikungunya.

Para o diretor administrativo da UPA de Guarabira, Gilson Cândido, a intenção é aproximar a unidade de saúde da população. “Nosso objetivo é prestar serviços de atenção básica e não de urgência, como geralmente acontece na UPA. Com essas ações, nossos profissionais passam a entender o contexto social em que a comunidade está inserida e a realidade da população. Além disso, é uma oportunidade de divulgar nossos serviços para que os usuários possam nos procurar sempre que precisarem”, disse.

Prevenção foi a palavra chave do projeto. “Procuramos ofertar serviços de prevenção à saúde. Na UPA, recebemos usuários que já estão doentes. Nossa missão no projeto é levar serviços para prevenir doenças e, sobretudo, informação aos usuários”, falou o diretor.

Ainda de acordo com Gilson, a primeira edição do “UPA na Comunidade” foi além das expectativas dos idealizadores. “A receptividade dos usuários foi maravilhosa. A comunidade Nossa Senhora Aparecida é extremamente carente e foi uma maneira de agraciá-la com cuidados para a saúde. Estou muito feliz e agradecido a todos os companheiros que se doaram nesta manhã de sábado”. Ele lembrou que a ação foi realizada com o apoio dos alunos e coordenadores do curso Técnico em Vigilância em Saúde, do Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor-PB), órgão da Secretaria de Estado da Saúde.

Nos dias da ação, que acontecerá em outros locais, não haverá interrupção nos serviços da UPA. “O atendimento não sofre nenhuma descontinuidade. Os profissionais (médicos, enfermeiros, técnicos de laboratório, etc), que participaram da primeira edição, não estavam de plantão na UPA e foram de espontânea vontade, de maneira voluntária”, falou. A previsão é que a segunda edição aconteça no mês de junho.