João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realiza 5ª Mostra da Agricultura Familiar em Campina Grande

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015 - 18:41 - Fotos:  José Nunes

Com a participação de centenas de agricultores de 22 municípios do Território da Borborema, Cariri, Seridó e Vale do Paraíba, foi realizada, na manhã desta sexta-feira (4), a 5ª Mostra da Agricultura Familiar na Praça da Bandeira, em Campina Grande. O evento foi promovido pelo Governo do Estado, por meio da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca.

Na Mostra, os visitantes puderam conhecer e adquirir peças de artesanatos em madeira, tecido, couro, renda e fibras vegetais, além dederivados de leite, bolos, doces, licores, pimentas, temperos e flores. O coordenador regional da Emater-GU, José Sales Alves Wanderley, explicou que o evento se constitui num espaço de comercialização, troca de experiências, diálogos institucionais e geração de renda.

O evento se constituiu numa oportunidade para que os agricultores familiares possam ter uma renda extra com a venda de seus produtos. Neste ano, a exemplo do que se registrou no ano de 2014, o faturamento foi superior a R$ 10 mil durante a manhã de comercialização dos produtos.

Sales Junior lembrou que 75% dos alimentos consumidos pelos paraibanos são produzidos pela agricultura familiar, conforme atestam os números do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Informou também que a Paraíba, mesmo não sendo auto-suficiente em grãos, no entanto, se destaca com a produção de leite, como acontece em Barra de Santana, que tem uma boa bacia leiteira, com 40 mil litros diários, e está sendo reativada uma usina de pasteurização.

A Gestão Unificada, por meio da Emater GU, também realiza Feiras Agroecológicas (Feagro) desde 1996, três vezes por semana, sendo na Pirâmide do Parque do Povo, no campus da UFPB e também no Bairro das Malvinas, com a participação em média de oitenta.

Mesmo em face da escassez de água na região, com orientação dos extensionistas da Gestão Unificada, os agricultores familiares continuam trabalhando na produção agrícola. Todos acessam programas do Garantia Safra, linhas de crédito, bolsa estiagem, apoio para armazenamento de água. Eles recebem apoio para aquisição de ração e forragem, para construção de barreiros, tanques, cisternas comuns e cisternas calçadão, que formam a estrutura de convivência cm a seca.