João Pessoa
Feed de Notícias

Governo realiza 380 mil procedimentos em crianças no Hospital Arlinda Marques

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 - 08:52 - Fotos: 

Através do Complexo de Pediatria Arlinda Marques, o Governo do Estado realizou cerca de 380 mil procedimentos em crianças durante o ano de 2013, entre exames, atendimentos de urgência, emergência e internações. As informações são do diretor técnico do hospital, Fabiano Oliveira de Alexandria. Apenas no ano passado, foram realizadas 2.955 cirurgias nas especialidades de cardiovascular, neurológicas, ortopédicas, otorrino e plásticas. Entre elas, 2.326 cirurgias foram eletivas\pediátricas e 631 de urgência.

O diretor geral do Hospital, Bruno Leandro de Souza, explicou que o Arlinda Marques é referência no atendimento de média e alta complexidade em Pediatria na Paraíba e que o Governo do Estado não tem medido esforços para garantir uma saúde com qualidade à população paraibana. “São visíveis as ações em todas as regiões da Paraíba, não só na área de saúde mas também em outros setores considerados importantes para o bem estar da população paraibana”, comentou o diretor.

O secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza, destacou a busca por parcerias com entidades e organizações com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população paraibana. “Eu acredito que o diálogo, o trabalho conjunto, entre as três esferas de governo e a sociedade civil organizada é o caminho para a solução de vários problemas e é isso que o Governador Ricardo Coutinho vem fazendo à frente dos destinos da Paraíba’, enfatizou o secretário.

Waldson Souza explicou que a saúde na Paraíba vem sendo feita de forma transparente e clara com a participação dos municípios: “Quem está lá no município, no Alto Sertão. sabe o que está acontecendo e pode dizer o que deve ser feito para melhorar a situação. Foi justamente isso que o Governo do Estado fez logo no início da gestão e vem fazendo até hoje: ouvir a população”, afirmou o secretário.

Destaques – Dentre as inúmeras ações realizadas pelo Complexo de Pediatria Arlinda Marques durante o ano de 2013 merecem destaque a realização de duas cirurgias consideradas de alta complexidade em neurocirurgia. Uma delas foi para tratar um adolescente que sofria de Cifoescoliose, uma doença que acomete a coluna vertebral.

O outro procedimento complexo foi um monitoramento neurofisiológico intra-operatório. A paciente foi uma criança de três anos. A cirurgia foi para curar uma anomalia, que tem como alteração a retração de estruturas neurológicas sendo elas raízes lombares e sacrais e a própria medula. As consequências são: redução do crescimento da coluna (paciente com baixa estatura), alteração anatômica lombo-sacra, lesão das raízes e medula pela retração de estiramento consequentemente distrofia e atrofia de modo assimétrico dos membros inferiores, com incapacidade de deambular de modo correto ou mesmo incapacidade completa.