João Pessoa
Feed de Notícias

Governo reabre frigorífico de Esperança beneficiando produtores de batatinha

sábado, 10 de outubro de 2015 - 10:24 - Fotos: 

Em reunião realizada nessa sexta-feira (9), em Esperança, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido (SEAFDS), reabriu o Frigorífico de Esperança, possibilitando o armazenamento de mais de uma tonelada de semente de batatinha agroecológica produzida por agricultores de municípios do Território da Borborema.

O evento – que contou com presença de vários prefeitos, vereadores, secretários municipais, extensionistas da Emater, a exemplo do chefe do setor na região, Aldo Martins, e representantes dos movimentos sociais –, o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Lenildo Morais, promoveu a reabertura do frigorífico, que tem capacidade de armazenamento para 450 toneladas, beneficiando diretamente mais de 120 agricultores familiares que garantiram um espaço seguro para sua produção.

A iniciativa parte de uma ação do Governo do Estado, através da SEAFDS, que investiu na revisão de todos os maquinários da estrutura. A revitalização da cultura começou com um processo de experimentação de variedades vindas do Sul, no ano 2010, numa parceria inicialmente, do Polo da Borborema e Embrapa. Em 2011, numa parceria com o Governo do Estado, a revitalização da cultura dentro dos princípios agroecológicos foi fortalecida, com a aquisição de cerca de 900 caixas, o que permitiu o fortalecimento do cultivo da batatinha agroecológica.

“Vamos também fazer um estudo para a perfuração de um poço artesiano no frigorifico para que ele seja autossuficiente na sua necessidade de água”, afirmou o secretário Lenildo Morais.

Segundo o prefeito de Areial, Cícero Pedro Meda de Almeida, sua cidade, que já foi o maior produtora de batatinha da região, estava sofrendo com dificuldades na produção devido à forte estiagem, e a iniciativa do governo veio a acalentar os produtores que agora têm um espaço de armazenamento seguro para sua produção. “Para nós, o governo está de parabéns e a prefeitura, enquanto dá instalação do poço, já se propõe a disponibilizar um carro pipa por semana para o centro de armazenamento.”

Presente na solenidade, a secretária executiva da SEAFDS, Mali Trevas, destacou que é assim de mãos dadas com as prefeituras que as dificuldades são superadas de modo mais célere. Ela lembra que para a reabertura do frigorífico, que se localiza na saída de Esperança para Areial, foi necessário a secretaria investir na revisão de todos os maquinários da estrutura.

Na oportunidade, o coordenador da Unidade de Armazenamento de Sementes, Francisco de Assis, disse que a reabertura da unidade veio a beneficiar a população em todos os sentidos, pois irá melhorar o comércio, os agricultores familiares e ainda o poder aquisitivo dos paraibanos. “Todos estávamos empenhados em ver o frigorífico funcionar na sua plenitude e depois de muito esforço conseguimos. O Governo do Estado e os agricultores nunca desistiram dessa causa”, disse Francisco.

Ainda no evento, o secretário anunciou um novo processo de experimentação de novas variedades na parceria com o Território da Borborema, através do Polo e sindicatos rurais.

O incentivo do Governo do Estado aos produtores de batatinha, no Compartimento da Borborema, tem proporcionado o aumento da produção de batatinha agroecológica. As 126 famílias beneficiadas atingiram em 2014 a produção de 270 toneladas de batata inglesa.

Lenildo Morais destacou que o Governo do Estado começou a distribuir sementes de batatinha em 2011, quando foram produzidas 43 toneladas. Em 2012, a produção foi de 89 toneladas; em 2013, produziram 212 toneladas e no ano passado, 270 toneladas. “Na realidade, há um processo de crescimento, de revitalização graças às políticas públicas implementadas pelo governo”, destacou.