João Pessoa
Feed de Notícias

Governo reabre Cine Bangüê com estréia do filme A Festa da Menina Morta, de Matheus Nachtergaele

sexta-feira, 30 de outubro de 2009 - 10:56 - Fotos: 

O Cine-Teatro Bangüê, da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego, foi reaberto na noite desta quinta-feira (29), em solenidade que teve a presença do governador José Maranhão, secretários do Governo, artistas e de um bom público que prestigiou a estréia do filme A Festa da Menina Morta, do Matheus Nachtergaele.
       
Sobre a reabertura do Cine-Teatro Bangüê, o governador José Maranhão afirmou que o espaço sempre foi freqüentado pelos amantes do cinema, das artes de um modo geral mas que há algum tempo não estava em funcionamento. Maranhão parabenizou o esforço do presidente da Funesc, Maurício Burity, que acaba de reabrir o Bangüê, que integra o Espaço Cultural, construído, por seu pai, Tarcísio Burity.
       
“Esse incentivo é fundamental, não se faz cultura sem investimento e nosso governo está investindo em todas as manifestações culturais porque é aí que residem o talento, a inteligência, a sensibilidade paraibanas”, revelou Maranhão.

O presidente da Funesc, Maurício Burity afirmou que a reabertura do Bangüê tem os focos: a nova formação do público, através da parceria com a rede de canal Fox; a exibição de filmes de arte e comerciais nos finais de semana. O secretário da Educação e Cultura, Sales Gaudêncio reafirmou o compromisso do governo do Estado de investir nos equipamentos de cultura e a Funesc está bem administrada por Maurício Burity e a Secretaria tem dado todo apoio necessário aos projetos que estão revitalizando todos os departamentos do Espaço Cultural.
       
O presidente da Funjope, cantor e compositor Chico César, prestigiou a reabertura do Cine-Teatro Bangüê e revelou que a Paraíba e João Pessoa estão de parabéns pelo resgate de um espaço tão importante para a cultura. “O Cine Bangüê reabre numa época em que tantos cinemas fecham e a gente tem o privilégio, a felicidade de celebrar a reabertura desse ambiente, fundamental para a cidade, o estado”.
       
O ator de cinema, teatro e televisão, Matheus Nachtergaele, presente no Cine Bangüê, falou sobre a experiência de sua estréia como diretor. O filme foi gravado em 2007, no Amazonas. “Agora finalmente chegou a vez de estrear em João Pessoa, eu estou muito honrado, é a reinauguração desse cinema e isto é muito bacana porque muitos cinemas são fechados no Brasil e é muito bom essa reabertura”.

Nachtergaele já fez teatro no Rio e em São Paulo com o Grupo Piollin, um dos mais importantes de teatro aqui do Estado. Revelou que “eu devo à Paraíba, de certa maneira, ‘João Grilo’, ( personagem dele no filme O Auto da Compadecida, filmado em Cabaceiras. Agora em novembro entra no ar na Rede Globo a segunda temporada da mini-série Ó Pai Ó, com participação de Matheus Nachtergaele. Ele informou que em janeiro deve haver a estréia do filme O Bem Amado, com sua participação também.

Itinerarte – Indagado sobre o projeto Itinerarte, que o Governo da Paraíba vai lançar em breve, Nachtergaele avaliou que a ação é louvável, quanto mais o povo tiver acesso à cultura, melhor será, e ela não é só aprender a ler e escrever. Cultura é gostar de livros, de poesia, de teatro, cinema, de música, de manifestações populares e eruditas também, acho uma iniciativa muito bacana, o projeto Itinerarte”.

A atriz paraibana Marcélia Cartaxo, exibiu, antes da Festa da Menina Morta, seu curta-metragem Tempo de Ira. Sobre a reabertura do Bangüê, ela afirmou que a comunidade artística e os paraibanos em geral agradecem o retorno de uma importante sala de cinema e teatro. Parabenizou o Governo pela iniciativa.

O convênio com a Fox Latin American Channels vai permitir a exibição de documentários e filmes de caráter educativo para, principalmente, estudantes de escolas públicas da Paraíba.
Nesta primeira etapa, a Fox disponibiliza para o cinema do Espaço Cultural produções da National Geographic sobre o reino animal, documentários sobre a Antártida com o famoso navegador Amyr Klink e a série ‘Across The Amazon’, sobre a fauna e a flora amazônica. Muitos desses filmes são inéditos nas locadoras.
       
As sessões para os filmes da Fox irão acontecer pela manhã e à tarde, voltadas a estudantes de escola pública, com idades entre 9 e 14 anos. Serão sessões gratuitas que irão acontecer dentro da programação do projeto ‘Criança no Espaço’, coordenado pelo setor de Literatura da Funesc. A previsão é que os filmes comecem a passar entre o final de novembro e o início de dezembro.
       
A primeira dama do estado, Desembargadora Maria de Fátima Bezerra Cavalcanti, a ex-primeira dama do estado, Glauce Burity, o subsecretário de Cultura, David Fernandes, o ator Nanego Lira, e diversos profissionais da área artística e cultural também prestigiaram a reabertura do Cine Bangüê.

Josélio Carneiro, com fotos de Mano de Carvalho