João Pessoa
Feed de Notícias

Governo prorroga vacinação contra pólio e sarampo até dia 12

sexta-feira, 28 de novembro de 2014 - 11:26 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), vai prorrogar a campanha de vacinação contra pólio e sarampo por mais 15 dias. A campanha, que inicialmente se encerraria nesta sexta-feira (28), vai até o dia 12 de dezembro. A orientação de prorrogar a campanha partiu do Ministério da Saúde, já que nenhum estado do país atingiu a meta de 95% do público-alvo.

De acordo com dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações, até a manhã desta sexta (28), a Paraíba imunizou 199.465 (76,13%) crianças contra a pólio e 61.982 (87,61%) contra o sarampo. Os números nacionais estão em 9.300.287 (73,13%) de crianças contra a pólio e 631.501 (88,85%) contra o sarampo.

De acordo com a chefe do Núcleo de Imunização da SES, Isiane Queiroga, é importante que seja realizado um trabalho por parte dos municípios para alcançar a meta. “Embora, na vacinação contra a pólio, por exemplo, estejamos à frente do Brasil, essa situação ainda não é confortável. Por isso, pedimos que os municípios intensificassem as ações, fizessem a busca ativa daqueles que ainda não foram vacinados, casa à casa, e procurassem estratégias para que, nesses 15 dias de prorrogação, possamos atingir a meta”, explicou.

Isiane Queiroga lembrou ainda que é importante que a Paraíba continue com altas coberturas vacinais para que se possa evitar problemas. “É sabido que, nesse momento, estados vizinhos registram surto do sarampo e pessoas vêm e vão o tempo todo, o que pode propagar a doença, por isso é importante que as crianças estejam imunizadas”, alertou.

Campanha – A Campanha de vacinação contra pólio e sarampo foi aberta oficialmente no dia 8 de novembro. A meta é vacinar contra a pólio 262.008 crianças com idade entre seis meses e cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias) e contra o sarampo, 233.567 crianças de um a cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias).

O objetivo de unir as campanhas é resgatar os menores de cinco anos não vacinados e corrigir falhas primárias de vacinação, garantindo altas coberturas vacinais e mantendo o estado de eliminação do sarampo no país”, explicou Isiane.

Números – Entre 2013 e 2014, foram registrados 596 casos da doença no país, com maior concentração nos estados do Ceará (365) e Pernambuco (224). Na Paraíba, neste ano, até agora, não houve registro de nenhum caso. Já em 2013, foram 33 casos suspeitos, desses, um foi confirmado.

Desde 1990 não são registrados casos de poliomielite, em todo país. Por conta disso, em 1994 o Brasil recebeu a Certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem, juntamente com os demais países das Américas.

A vacina está sendo oferecida em todas as Unidades de Saúde da Família dos 223 municípios paraibanos. Isiane lembra aos responsáveis pelas crianças que levem o cartão de vacina para ser avaliado e colocado em dia, caso haja vacina atrasada.