João Pessoa
Feed de Notícias

Governo promove Seminário sobre Base Nacional Comum Curricular

quinta-feira, 27 de agosto de 2015 - 09:27 - Fotos:  Secom-PB

 

O Seminário Estadual de Discussão sobre a Base Nacional Comum Curricular promovido, nessa quarta-feira (26), pelo Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), contou com a participação de secretários municipais de Educação, coordenadores pedagógicos da SEE, gerentes regionais, gestores de escolas e professores da rede estadual de ensino.

O objetivo do evento foi  discutir a Base Nacional Comum, cuja proposta deve ser construída em regime de colaboração entre a União, Estado e Municípios e legitimada pela sociedade, em cumprimento à meta 7 do Plano Nacional de Educação,  segundo explicou a secretária executiva de Gestão Pedagógica da Educação, Roziane Marinho, que também é representante do grupo de estudo da Base Comum Curricular do Ministério da Educação (Mec).

“Este é um tema estruturante, o país tem que se enxergar como uma grande rede. São mais de 190 mil escolas de educação básica em rede e o currículo comum é o que permite que o professor dialogue com os objetivos, com o que se espera dele para cumprir o direito de aprendizagem do estudante”, observou o secretário de Estado da Educação, Aléssio Trindade.

O evento teve início com a palestra “A construção participativa da Base Nacional Comum Curricular: direitos e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento”, ministrada por Élsio José Corá, coordenador geral do Ensino Fundamental da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (Mec). “A base é uma conquista social, sua construção é crucial para encontrarmos um entendimento nacional sobre o desenvolvimento do estudante, e isso só é possível com a participação de todos”, enfatizou Élsio.

Em seguida a secretária Roziane Marinho apresentou a proposta de discussão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) na Paraíba, informando que todos os envolvidos no processo terão o suporte teórico necessário, através de videoconferências com especialistas, seminários e debates regionais, encontros para análise e sistematização da proposta nas escolas, para opinar no documento que será publicado para consulta pública pelo MEC.

Após a apresentação foi realizada uma roda de discussão com os palestrantes, que contou com a presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Amarides Dantas; a presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE), Janine Marta; a presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme), Maria da Conceição e a coordenadora do Fórum Estadual de Educação da Paraíba, Giselda Diniz.

Base Nacional Curricular da Educação (BNCE) - É o conjunto de conhecimentos e habilidades essenciais que cada estudante brasileiro deve aprender a cada etapa da Educação Básica, para que possa se desenvolver como pessoa, se preparar para o exercício da cidadania e se qualificar para o trabalho. O processo de elaboração da Base Nacional Curricular da Educação (BNCE) deve levar em conta evidências e lições aprendidas com a construção e implementação de objetivos de aprendizagem dentro e fora do Brasil, a BNCE vai nortear o trabalho das escolas e enfatizar o que deve ser aprendido e não como deve ser ensinado.

Os princípios norteadores da BNCE são: foco nos conhecimentos, habilidades e valores essenciais que todas e todos devem aprender para o seu pleno desenvolvimento e o desenvolvimento da sociedade, clareza e objetividade, base em evidências de pesquisas nacionais e internacionais, obrigatoriedade para todas as escolas de Educação Básica do Brasil, diversidade cultural como parte integrante da Base Nacional Comum, respeito à autonomia dos sistemas de ensino para a construção de seus currículos, e das escolas para a construção de seus projetos pedagógicos, construção em colaboração entre União, Estados e Municípios e submissão a consultas públicas.

Para mais informações, acesse: http://basenacionalcomum.org.br.