Fale Conosco

12 de maio de 2016

Governo promove IV Semana Estadual de Doação de Leite Materno a partir de segunda-feira



Começa nesta segunda-feira (16), às 6h, a IV Semana Estadual de Doação de Leite Materno. A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Banco de Leite Anita Cabral, centro de referência do Estado, fará a abertura das atividades no pátio da PB-Tur. O evento ocorrerá em parceria com os acadêmicos da Faculdade Santa Emília de Rodat, que oferecerão serviços de saúde, prestando orientações sobre hipertensão, diabetes e alimentação saudável, além de aferição de peso, glicemia e pressão arterial.

A IV Semana se prolonga até o dia 20 de maio por meio da Lei 9.956, de 11 de janeiro de 2013, que tem como objetivo divulgar a estratégia para doação de leite materno pelos diversos setores da sociedade.

No dia 19, quando se comemorar o Dia Mundial da Doação de Leite Humano, haverá o “Dia D”,  com a realização de uma atividade especial com as doadoras da Maternidade Frei Damião em agradecimento pela generosidade para salvar a vida de tantos outros bebês.

“Nessa semana, toda sociedade será convidada a aderir à campanha de doação de leite materno, sensibilizando-a para a importância que o leite doado propiciará a redução da mortalidade neonatal no estado, pois, cada vez mais, cresce a demanda por leite humano pasteurizado para suprir as necessidades dos bebês internos nos leitos neonatais do estado e em especial das UTIs neonatais da grande João Pessoa”, disse a diretora do Anita Cabral, Thaíse Ribeiro.

Thaís falou ainda que, dessa vez, a semana focará as ações de divulgação para os estudantes dos cursos de graduação em saúde de diversas Faculdades em João Pessoa. “Esperamos que com essa estratégia os futuros profissionais possam assistir, com mais qualificação, as mães e famílias durante o período de amamentação”, comentou.

De acordo com a programação, haverá atividades para a promoção da doação de leite materno em todo estado, por meio dos seis Bancos de Leite em João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Patos e Cajazeiras e dos 22 Postos de Coleta, entre os quais se destacam os de Pombal, Santa Luzia, Sousa, Mamanguape e Taperoá, que realizarão atividades locais para esse incentivo.

Durante essa semana será feita divulgação nas Faculdades Facene, Ciências Médicas e FPB, quanto à doação de leite humano e o uso terapêutico para bebês prematuros em unidades neonatais.

Em Campina Grande, haverá atividades no Dia D, em 19 de maio, com apresentação musical com as mães da Maternidade Municipal e roda de conversas com as mães do Hospital da FAP, além da participação no Fórum Perinatal da Rede Cegonha e divulgação da doação de leite materno nas maternidades e PSFs da região.

Em Guarabira, a programação terá entrevistas nas rádios locais com ênfase na coleta de vidros; divulgação da estratégia e coleta de frascos em praça pública; panfletagem e no Dia D comemoração com as doadoras de leite em alusão ao dia de doação de leite humano e também dia das mães no auditório do Hospital Regional de Guarabira.

Em Patos e Cajazeiras, os bancos de leite se organizarão em atividades na atenção básica e com as instituições de ensino superiores do curso de saúde. Nos Postos de Coleta de Sousa, Santa Luzia e Pombal acontecerão homenagens às mães doadoras. 

Rede de Serviços - Na Paraíba, são coletados 600 litros de leite por 500 doadoras e são beneficiados mais de 440 bebês por meio da distribuição de 400 litros de leite, mensalmente. João Pessoa é responsável por 50% da demanda dos serviços em Banco de Leite Humano, com mais de 330 litros de leite, doados, mensalmente, por meio de 250 doadoras, beneficiando mais de 220 receptores, com mais de 180 litros de leite distribuídos.

Para ser doadora é só entrar em conato com o banco de leite ou posto de coleta mais próximo, passar os dados que o serviço de Rota Domiciliar irá até a residência da doadora e entregará o Kit Doação (frascos de vidro esterilizado, luvas, gorro e máscara). Além disso, os serviços prestarão todas as orientações necessárias para o correto armazenamento.

Se a mãe desejar fazer o armazenamento de leite imediatamente, em casa, basta seguir algumas regras: lavar bem as mãos até os cotovelos com água e sabão, prender os cabelos, colocar uma lenço sobre a boca (para evitar gotículas de saliva sobre o leite) e o vidro com tampa de plástico seco e já fervido por 15 minutos. Deve-se realizar a extração de leite dentro do vidro, devendo-se desprezar os primeiros jatos. Após a retirada do leite, colocar o frasco fechado no congelador, onde deverá ter a validade de 15 dias congelado.

Para a utilização do leite congelado deve-se descongelá-lo em banho maria a 40°C e usá-lo, imediatamente. A conservação do leite já descongelado só deverá ser feita pelas próximas 12 horas em refrigerador.