Fale Conosco

8 de julho de 2013

Governo promove especialização para agentes penitenciários e profissionais da segurança



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), inscreve, a partir desta segunda-feira (8), para o 1º curso de especialização em Políticas e Gestão Prisional, e para o 1º curso de especialização em Inteligência Prisional, destinados aos agentes penitenciários de carreira, funcionários administrativos da Secretaria e demais profissionais da segurança pública. Estão sendo disponibilizadas 80 vagas. As inscrições devem ser realizadas, exclusivamente, no site (www.egepen.pb.gov.br) da Escola de Gestão Penitenciária do Estado (Egepen), até 19 de julho.

A iniciativa faz parte do Programa de Otimização do Servidor Penitenciário, Pro-servidor, criado através da portaria 476/2013, e lançado, na semana passada, pelo secretário Wallber Virgolino, que tem por objetivo desenvolver atividades de formação e capacitação continuada, pesquisa e produção do conhecimento na área prisional, com vista à excelência na prestação dos serviços penitenciários no Estado.

O processo seletivo é composto por uma prova escrita, análise de currículo profissional e acadêmico, seguido de entrevista. “Estamos cumprindo o que foi prometido no início da gestão, qualificando os servidores da Secretaria para exercerem o trabalho não só na Seap, mas um conhecimento que pode ser usado em outras ocasiões e para toda vida. Esse trabalho de aperfeiçoamento e qualificação vai ser feito sempre, dentro de um planejamento estratégico”, disse Wallber Virgolino.

Para o diretor da Egepen, professor Mazukyevicz Silva, a oferta dos cursos em nível de especialização representa um marco no sistema prisional do Estado. Segundo ele, “trata-se de uma excelente oportunidade de aprimoramento e valorização do servidor, pois a formação em nível de pós-graduação, além de aliar conteúdo técnico e gerencial indispensável para as atividades do dia a dia carcerário agrega valor ao currículo dos profissionais”.

Ainda como parte da programação de atividades do Pro-Servidor, devem ser lançados, até o final do ano, outros cursos de curta duração, como curso de Imobilização Tática, Identificação de Drogas e Psicotrópicos, Elaboração de Projetos, entre outros.