João Pessoa
Feed de Notícias

Governo promove cursos sobre fabricação de alimentos para fortalecer agricultura familiar

segunda-feira, 28 de setembro de 2015 - 11:22 - Fotos:  Secom-PB

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB), integrante da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater (GU), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), está incorporando novos conceitos tecnológicos aos processos convencionais de processamento de alimentos a fim de propiciar o cumprimento da legislação sanitária para a obtenção de produtos isentos dos perigos biológicos, químicos e físicos. Para tanto, está promovendo, em todo o Estado, uma série de cursos sobre Boas Práticas de Fabricação de Alimentos.

A ação faz parte do Plano Estadual de Fortalecimento de Comercialização da Agricultura Familiar e tem por objetivo garantir qualidade sanitária dos alimentos, tendo por base as portarias 326 do Ministério da Saúde e 386 do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

De acordo com o técnico da Emater, engenheiro Agrônomo Genival Soares da Silva, já foram realizados dez cursos para extensionistas, técnicos da Vigilância Sanitárias (Visa) dos municípios e agricultores familiares fornecedores de produtos destinados aos programas institucionais como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).  “A ideia é garantir ao consumidor, produtos oriundos da agricultura familiar, como bolo, doce, queijo, castanha, polpa de fruta, farinha de mandioca, entre outros, todos processados com segurança e qualidade sanitária”, explicou.

Somente nos anos de 2013 e 2014, a extensão rural capacitou mais de 200 famílias agricultoras e 30 extensionisatas, que estão acompanhando e orientando as agroindústrias existentes em diversos municípios. Neste ano, foram treinados mais 160 agricultores das regiões administrativas da Emater de Pombal, Sousa, Campina Grande e João Pessoa, além de 15 extensionistas e oito técnicos da Visa, pertencentes à região administrativa de Picuí, no Seridó paraibano.

As capacitações envolvem boas práticas de fabricação, procedimentos de padrão de higiene operacional e instruções de trabalho. Ao final de cada capacitação, ficam registradas, em forma de manual, todas as instruções de trabalho a serem seguidas pelos agricultores em suas unidades de produção.

Com parceria da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) e Universidade Federal da Paraíba (UFPB), os próximos cursos estão programados para os meses de novembro e dezembro nas regiões administrativas de Guarabira, Sousa, Pombal, contemplando os municípios de Paulista, São Bentinho, Cajazeirinhas, Coremas, Condado, Sousa e Pombal. Os instrutores são os técnicos da Agevisa, Valdenice  Gomes de Araújo e Djanira Lucena, e da Emater, Genival Soares e Eherenbergue Pereira de Melo.