João Pessoa
Feed de Notícias

Governo promove cursos profissionalizantes nos presídios de Guarabira e Campina Grande

segunda-feira, 21 de outubro de 2013 - 08:35 - Fotos: 

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), dá início, nesta segunda-feira (21), a mais três cursos profissionalizantes nas unidades prisionais de Guarabira e Campina Grande. A Gerência Executiva de Ressocialização (GER) da Seap disponibiliza os cursos de Assistente de Cozinheiro, Garçom e Cabeleireiro, oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Os cursos têm duração de 50 dias e carga horária de 200 horas.

O secretário titular da Seap, Wallber Virgolino, comemorou a realização do projeto. “É mais um passo importante no trabalho que estamos desenvolvendo no sentido de reduzir a reincidência ao mundo do crime com o intuito de dar oportunidade às pessoas que se encontram atualmente em situação de cárcere. Elas têm a chance de refletirem sobre o ato que cometeram, conquistar uma profissão e, com isso, ganhar a vida de forma digna”.

A gerente de Ressocialização da Seap, Ziza Maia, ressaltou a importância do Pronatec para os beneficiados. “É uma oportunidade de participar de cursos de excelência na atividade profissionalizante, o que vai aumentar significativamente as chances de inserção no mercado de trabalho, seja como funcionários de alguma empresa ou até mesmo como empreendedores”, observou.

 Guarabira – No Presídio Padrão João Bosco Carneiro, em Guarabira, será ministrado o curso de Assistente de Cozinheiro. O treinamento é dividido em aulas teóricas e práticas e vai beneficiar 15 reclusos do Presídio Padrão e cinco do Presídio Regional Vicente Claudino de Pontes.

Campina Grande – Na Penitenciária Feminina de Campina Grande acontece o curso de Cabeleireira para 20 mulheres. Na Penitenciária Regional de Campina Grande Raimundo Asfora, mais conhecida como Serrotão, está sendo oferecido o curso de Garçom para 20 reeducandos.