João Pessoa
Feed de Notícias

Governo promove curso em viabilidade econômica e gestão democrática de empreendimentos associativos

quinta-feira, 6 de agosto de 2015 - 14:34 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh) e da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Nutricional e Economia Solidária (Sesas), está realizando até sexta-feira (7) o Curso em Viabilidade Econômica e Gestão Democrática de Empreendimentos Associativos, que acontece no Centro de Atividades Padre Juarez Benício (Cejube), no Colinas do Sul, em João Pessoa. O evento conta com o apoio da Incubadora de Empreendimentos Econômicos e Solidários (Incubes), e da Cooperação e Apoio a Projetos de Inspiração Alternativa (Capina).

O curso tem uma carga horária de 128 horas, assim distribuídas: dois módulos de 40 horas e 48 horas para o trabalho de campo e é realizado em regime de alternância: cada módulo de cinco dias, com um intervalo de dois meses. O último módulo será realizado de 5 a 9 de outubro no mesmo local. Com um público de 39 participantes, é direcionado para assessores e educadores de vários segmentos, ONGs, universidades, órgãos e secretarias do Estado.

O curso possui uma metodologia diferenciada no estudo de viabilidade econômica, a fim de que os empreendimentos possam aprimorar as atividades econômicas que eles desenvolvem, com vistas à qualificação dos profissionais na perspectiva de atuação junto aos empreendimentos econômicos populares. Neste primeiro momento, está sendo abordado o Estudo de Viabilidade Econômica.

Valdivan Ferreira é veterinário e gestor da Instituição de Assessoria a Cidadania e ao Desenvolvimento Sustentável (IDS), com sede em Natal (RN), atuante com alguns projetos que lidam no âmbito de comercialização, produção, organização social e cadeias produtivas, também com parcerias em várias secretarias do Estado da Paraíba. Ele está participando e considera um elemento inovador a gestão democrática como parte do processo. “É o novo que o curso tem trazido com maior contundência. Pra mim é um grande crescimento, as educadoras da Capina trouxeram uma reflexão importante da nossa ação social no dia a dia, como a clareza dos objetivos, a socialização no todo”, destacou.

A técnica de formação da Capina, Terezinha Pimenta, disse que esses dois módulos estão interligados e foram construídos para desenvolver estratégias com informações gerais para grupos associativos que precisam ter o domínio dessas ferramentas de viabilidade econômica e gestão democrática. “Através desse estudo se amplia o conhecimento da atividade que se desenvolve, sejam por agricultores familiares, catadores, artesãs, e pessoas participantes da economia dos setores populares”, observou.

Rosana Lobato, que também faz parte da equipe técnica da Capina, comenta que já percorreu as cinco regiões do Brasil, e considera que o curso é de formação muito ampla, usado para trabalhar como ferramenta para os grupos chamados de assessores. “Um curso de dois módulos nesse formato todo é a primeira vez na Paraíba, é uma experiência positiva. A gente tem visto que cada lugar tem uma forma especifica porque você tem as mesmas questões sendo discutidas, mas precisa montar estratégias diferenciadas, porque é feita para aquele lugar, e isso o curso tem proporcionado”, disse.