João Pessoa
Feed de Notícias

Governo promove curso de artesanato para internas da Casa Educativa

quarta-feira, 23 de março de 2011 - 09:29 - Fotos: 

A Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana realiza curso de artesanato para as adolescentes internas da Casa Educativa, em João Pessoa. O curso teve início na segunda-feira (20) e termina nesta quarta-feira (23).

O projeto faz parte de uma série de ações alusivas ao Dia Internacional da Mulher e é uma parceria entre a Fundação de Ação Comunitária (Fac) e a Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac), órgão responsável pela Casa Educativa e por mais 14 unidades de ressocialização de crianças e adolescentes.

Segundo a presidente da Fundac, Cassandra Figueirêdo, essa parceria com a Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana reforça as ações intersetorializadas, fortalece as políticas públicas para cada segmento e promove práticas de cidadania. “Durante todo mês de março a Casa Educativa feminina está propiciando às adolescentes, além de atividades socializantes, palestras temáticas que abordam a questão da mulher”, disse.

As aulas são ministradas pela professora Maria Pereira, que explica que durante o curso as adolescentes aprendem a arte do craquelê em caixas de MDF. Dos seus 63 anos de idade, Maria dedicou 12 ao artesanato e se diz gratificada com o seu trabalho, principalmente por poder passar o que aprendeu para jovens meninas que vivenciam um processo de ressocialização e de futura inserção no mercado de trabalho.

Para a secretária de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Iraê Lucena, essas iniciativas são importantes para o processo de expansão das políticas públicas em todos os setores da sociedade, principalmente as minorias historicamente, economicamente e socialmente excluídas. “Além de fomentar novas parcerias com outros órgãos do Governo Estadual, nós queremos evidenciar nessas ações que o nosso trabalho busca incentivar que todos e cidadãos e cidadãs tenham as mesmas oportunidades", afirma.

O curso tem duração de 16 horas e é ministrado a adolescentes entre 12 e 17 anos que cumprem medidas socioeducativas de internação na unidade. No final das atividades, as meninas receberão um certificado de participação.