João Pessoa
Feed de Notícias

Governo promove capacitação sobre doação e transplantes de órgãos

sábado, 28 de setembro de 2013 - 12:58 - Fotos: 

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), promoveu nesse sábado (28) a “Capacitação no Processo de Doação e Transplante”. O treinamento foi ministrado pela Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) e aconteceu no auditório do Hospital da Unimed, no bairro da Torre, em João Pessoa.

Participaram do evento, os hospitais que fazem parte da Comissão Intrahospitalar de doação de órgãos e tecidos para transplantes: Arlinda Marques; Edson Ramalho, Hospital Universitário, Unimed, Ortotrauma, São Vicente de Paula, hospitais de Emergência e Trauma de João Pessoa e Campina Grande, Memorial São Francisco, Antônio Targino e UPA Oceania.

“Com este curso, pretendemos capacitar os profissionais para uma maior sensibilização quanto ao ato da doação de órgãos e tecidos”, disse e coordenadora administrativa da Central de Transplante, Ana Emília Souza.

A programação do curso contou com as palestras do médico Romerito Fonseca Neiva, transplantador de fígado do Hospital da Beneficência Portuguesa, em São Paulo, e da enfermeira Vanessa Ayres Carneiro, do Serviço de Procura de Órgãos e Tecidos da Escola Paulista de Medicina.

O médico destacou o diagnóstico da morte encefálica e os procedimentos com  o doador para o êxito da cirurgia. De acordo com ele, os órgãos devem estar bem cuidados para minimizar os riscos de perdê-los. Já a enfermeira discutiu o processo de doação; a Comissão Intrahospitalar de doação de órgãos e tecidos para transplantes, além da entrevista familiar e ética.

Doação – Para a doação de órgãos é preciso que haja a morte encefálica. O procedimento é seguro e segue protocolo determinado pelo Conselho Federal de Medicina. Após o diagnóstico, é oferecida à família a oportunidade da doação. Pode ser doadora qualquer pessoa com idade entre 2 e 80 anos e que não apresente doença comprometedora do órgão ou tecido doado. Recebem os órgãos, pacientes que necessitam de um transplante e que estejam inscritos na lista de espera. Após a retirada dos órgãos, o corpo é recomposto e entregue à família.

Qualquer dúvida sobre a doação de órgãos e tecidos pode ser esclarecida pelo telefone da Central de Transplante: (083) 3244-6192.