Fale Conosco

2 de junho de 2015

Governo promove capacitação sobre coleta e preservação de amostras de água em parceria com o Ministério da Saúde



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), vai promover capacitação sobre coleta e preservação de amostras de água para consumo humano para profissionais da área ambiental das 12 Gerências Regionais de Saúde (GRS), técnicos do Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen) e da Gerência de Vigilância em Saúde da SES.O curso será oferecido em parceria com o Ministério da Saúde, através da Secretaria de Vigilância em Saúde e ministrado pelo Instituto Evandro Chagas do Pará, no período de 8 a 12 de junho, no auditório do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), na Capital.

A proposta é capacitar os colaboradores para a correta aplicação das técnicas de coleta e preservação de amostras de água de consumo humano. De acordo com o chefe do Núcleo de Fatores Não Biológicos, da SES, Emanoel Lira, os profissionais capacitados serão multiplicadores dos conhecimentos para os coletores de todos os 223 municípios paraibanos que fazem a vigilância da qualidade da água para consumo humano oferecida pela Cagepa, para verificar se a potabilidade está de acordo com a legislação vigente. É o que prevê o Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiagua).

“Já que o trabalho é feito por amostragem, para que o resultado seja o esperado, é necessário que a coleta aconteça de forma bem distribuída e representativa, ou seja, ela deve ser realizada em vários bairros e em horários e datas diferentes, por exemplo, para que se tenha um panorama o mais fiel possível da realidade existente no estado, em relação a qualidade da água”, explicou Emanoel.

O curso será ministrado por dois técnicos doInstituto Evandro Chagas, do Ministério da Saúde, e terá a duração de 40 horas/aula, sendo 16 horas de aulas teóricas e 24 horas de aulas práticas, na modalidade presencial.

A programação inclui: objetivos do monitoramento; variáveis a serem monitoradas; Legislação vigente envolvendo o Controle de Qualidade de Água; perfil, deveres e responsabilidades do coletor; aspectos de segurança na amostragem; programação de coleta, de acordo com a Portaria nº 2914/11, do Ministério da Saúde; organização, limpeza e preparação dos materiais e frascos para coletas; técnicas para preservação de amostras; principais interferentes no processo de coleta; registros das informações; técnicas em coletas em mananciais de superfície, águas subterrâneas, praias, processos de tratamento e reservatórios e rede de distribuição de água potável e orientações para a prática de coleta e análises de campo.