João Pessoa
Feed de Notícias

Governo promove atividades no Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial

domingo, 24 de abril de 2011 - 16:32 - Fotos: 

A Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com o município de João Pessoa, elaborou uma programação especial para marcar o Dia Nacional de Combate e Prevenção à Hipertensão Arterial que será lembrado na próxima terça-feira (26). As atividades serão realizadas no horário das 8h ao meio dia no Ponto de Cem Réis, no Centro da Capital. De acordo com dados no Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis da SES, ano passado a Paraíba tinha 10.150 hipertensos e este ano 1.255 novas pessoas foram identificadas com problemas de pressão arterial. 

De acordo com a programação, nesse horário haverá verificação da pressão arterial, avaliação médica, orientação dos hipertensos com enfermeiros e orientação nutricional para avaliação do Índice de Massa Corporal (IMC) e circunferência abdominal. Ainda com parte das atividades, educadores físicos estarão auxiliando na avaliação nutricional, fazendo alongamentos e distribuindo material educativo.

A hipertensão arterial, também conhecida como ‘pressão alta’, pode ser encarada como uma doença ou como um fator de risco para o desenvolvimento de patologias do coração, pois, na maioria das vezes, não provoca sintomas ou os sintomas são gerais, como dores de cabeça, tonturas, mal-estar, náuseas, calor pelo corpo, sangramento pelo nariz, palpitações e falta de ar. A pressão alta tem como causas a hereditariedade, a obesidade, o sedentarismo, o alcoolismo, o estresse, o consumo de comidas gordurosas, o fumo, o consumo excessivo de sal e alimentos salgados.

A doença não tem cura e está diretamente ligada à mortalidade cardiovascular. A hipertensão arterial é responsável por 80% das mortes por acidente vascular cerebral (AVC) e 25% de infarto. A recomendação é para que as pessoas peçam para verificar a pressão arterial sempre que for fazer uma avaliação médica, pois a grande maioria dos hipertensos é assintomática. Fazer uma caminhada três vezes por semana entre 40 minutos e uma hora para combater o sedentarismo, evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e de comidas salgadas ajuda a prevenir a hipertensão arterial.  

A hipertensão, geralmente ocorre após os 30 anos, mas o que tem se verificado nos últimos anos é que a doença tem atingido crianças e jovens e o sedentarismo tem sido um dos principais fatores. A pessoa obesa tem maior probabilidade de desenvolver a doença, que pode também ser causada pelo uso abusivo de antiinflamatórios, de anticoncepcionais e anticongestionantes nasais.