Fale Conosco

11 de agosto de 2016

Governo promove ação de saúde no Terminal Rodoviário de João Pessoa



A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Programa Vida no Trânsito, participou nessa quarta-feira (10), das atividades de educação para o trânsito no Terminal Rodoviário de João Pessoa. A ação, que foi realizada pelo Departamento de Estradas de Rodagens do Estado da Paraíba (DER-PB), ocorreu nas imediações do portão de embarque e teve como objetivo abordar passageiros que transitam no terminal para orientações quanto ao cumprimento das normas de segurança no trânsito.

Durante toda a tarde, a equipes do DER e da SES abordaram a população, destacando a necessidade e uso adequado do cinto de segurança, além do uso de equipamentos de segurança para motociclistas e ciclistas, utilização da faixa de pedestre e risco do álcool e direção. “A grande maioria dos passageiros sabe da necessidade do uso do cinto nos ônibus, mas muitas vezes não fazem uso dele, mesmo o motorista avisando sobre a importância do cinto de segurança. É importante deixar claro para as pessoas que o cinto é necessário para, em caso de colisão, evitar que se machuquem”, explicou a chefe do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis da SES, Gerlane Carvalho.

O Terminal Rodoviário de João Pessoa tem uma movimentação mensal de aproximadamente 500 mil pessoas, seja para embarque ou desembarque, e a maioria ainda não faz uso do cinto de segurança nos ônibus. De acordo com o gerente de Transporte do DER-PB, Antônio Fleming Cabral, a própria população deve fiscalizar o uso do cinto. “O usuário deve ter a consciência de procurar o cinto de segurança, e caso ele não encontre, faça logo a abordagem ao motorista. Os usuários devem verificar sempre o equipamento de segurança, para assim ter a certeza de uma viagem tranquila e segura. Caso não encontre o equipamento de segurança, ele deve comunicar para nossa ouvidoria, ligando gratuitamente para 0800- 83-0789”, disse Fleming Cabral.

O aposentado José Pereira da Silva, 66 anos, estava embarcando para Alagoa Grande. Ele afirmou sempre usar o cinto de segurança. “Acho muito importante essa orientação aqui, pois muitas pessoas ainda esquecem de usar o equipamento de segurança. Eu sempre uso e falo com todos que estão próximos para não esquecer de colocar o cinto, afinal ele não está ali de enfeite. O equipamento de segurança é um direito nosso, uma garantia de segurança, e não devemos abrir mão disso”, reforçou.

O Programa Vida no Trânsito é coordenado pela SES, juntamente com os órgãos que integram a subcomissão de Educação para o Trânsito do Comitê Operativo Estadual para Vigilância e Monitoramento de Acidentes de Trânsito.

O objetivo principal do Programa é desenvolver ações planejadas de educação para o trânsito para integrar os diversos segmentos da sociedade, contribuindo para a mobilidade urbana e a segurança viária, priorizando a cidadania, a inclusão social e a valorização da vida através da aprendizagem, da informação e da integração de crianças, adolescentes, adultos e condutores de modo geral.