João Pessoa
Feed de Notícias

Governo entrega prêmios do Criança.PB e concurso Boas Práticas

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013 - 11:17 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), premiou na noite dessa quarta-feira (18), na Blu’nelle Recepções, os vencedores do III Prêmio Criança.PB de Jornalismo – Enfrentando às Violações de Direitos de Crianças e Adolescentes, e o vencedor do I Concurso de Boas Práticas – Em Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes. Ao todo, o valor em premiação foi de R$ 34,4 mil.

A secretária de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), Aparecida Ramos de Meneses, que entregou o troféu a alguns vencedores, destacou que a iniciativa é mais uma ação de fortalecimento dos direitos da criança e do adolescente. Esse prêmio faz parte de uma série de ações que o Governo da Paraíba tem feito e realizado no sentido de garantir a proteção integral à criança e adolescente no nosso Estado. A gente pode construir uma cultura, e a mídia tem papel fundamental, de que lugar de criança não é nas ruas, nem nos sinais. Não é para ser explorada, nem abusada. Criança é para ser protegida para que a gente possa no futuro ter relações humanas, sociais e um potencial muito grande no nosso Estado e no Brasil”, enfatizou.

A secretária de Comunicação Institucional, Estela Bezerra, também entregou troféu aos vencedores e falou da importância do jornalismo comprometido com causas como a proteção à infância e aàjuventude, parabenizando a todos que participaram do concurso. “Só de estar aqui já vale a pena, porque já pensa diferente, sente diferente. Todos vocês estão de parabéns, seja quem ganhe, seja quem não ganhe”.

A coordenadora do Criança.PB, Janaína Araújo, destacou que o objetivo da ação é premiar jornalistas, profissionais da imprensa e estudantes universitários de Comunicação Social que produziram matérias sobre os desafios de garantir direitos de crianças e adolescentes.

Também fizeram parte da solenidade, a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares; a presidente da Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac), Sandra Marrocos; o presidente do Sindicato dos Jornalistas, Rafael Freire; a delegada Joana Darc, entre outras autoridades.

Premiados – No total, foram inscritos mais de 80 trabalhos de 50 profissionais de comunicação para o prêmio de jornalismo. Oito instituições e organizações participaram do concurso de boas práticas.

Entre os profissionais da imprensa, foram premiados os três primeiros lugares das categorias de Jornalismo Impresso, Radiojornalismo, Fotojornalismo, Webjornalismo, Telejornalismo, e a nova Categoria Universitária, para estudantes de Comunicação Social.

Os primeiros colocados ganharam R$ 3 mil, e os segundos e terceiros lugares R$ 1,5 mil e R$ 1 mil, respectivamente. Na categoria universitária, o primeiro colocado foi premiado com R$ 1 mil, e os segundos e terceiros lugares com R$ 500 e R$ 300, respectivamente.

Já o I Concurso de Boas Práticas premiou o primeiro lugar com R$ 5 mil e uma gravação de um documentário sobre o trabalho da organização. A seguir a lista completa dos vencedores:

III Prêmio Criança.PB de Jornalismo
Enfrentando às Violações de Direitos de Crianças e Adolescentes

Webjornalismo:

1º lugar: Fábio Bandeira: “Copa do Mundo: infância e adolescência em alerta”, do Esporte Nordeste.

2º lugar: Valéria Sinésio: “Bebês passam Dia das Crianças com mães em presídio na Paraíba”, do G1 Paraíba.

3º lugar: Krystine Carneiro: “Bióloga tira menino das ruas e ele se torna campeão de surfe na Paraíba”, do G1 Paraíba.

Fotojornalismo

1º lugar: Kleide Teixeira: “Prisão domiciliar”, do Jornal da Paraíba.

2º lugar: Francisco França: “Pindobal”, do Jornal da Paraíba.

3º lugar: Hermano de Carvalho: “Violência (Reaprendendo a viver)”, do Correio da Paraíba.

Radiojornalismo

1º lugar: Larissa Pereira: “A fome motiva a dúvida”, da CBN.

2º lugar: Herbert Araújo: “A renascida”, da CBN.

3º lugar: Jacqueline Vieira: “Capoeira para educar e viver”, da Rádio Cidade Sumé.

Jornalismo Impresso

1º lugar: Nathielle Ferreira: “Pindobal tem história reescrita”, do Jornal da Paraíba.

2º lugar: Amanda Carvalho: “Faltam leitos e pediatras na PB”, do Correio da Paraíba.

3º lugar: Silvana Torquato: “Policiais ensinam música e esperança”, do Jornal da Paraíba.

Telejornalismo

1º lugar: Wendell Rodrigues: “Chega de Abuso”, da TV Correio.

2º lugar: Richeli Bezerra: “Respeito é bom e tem voz”, da TV Tambaú.

3º lugar: Antônio Vieira: “Pecado Luxúria”, da TV Cabo Branco.

Categoria Universitária

1º lugar: Paloma Faustino: “Além da Feira”, da Faculdade Maurício de Nassau.

2º lugar: Phillipe Xavier: “Adoção tardia ainda é exceção em orfanatos”, da Universidade Federal da Paraíba.

3º lugar: Jean Carlos: “Catadores de Esperança”, da Faculdade Maurício de Nassau.

I Concurso de Boas Práticas
Em Defesa do Direito de Crianças e Adolescentes

1º lugar: Lenilde Cordeira, do Grupo de Estudos e Apoio à Adoção de João Pessoa (Gead-JP).