João Pessoa
Feed de Notícias

Governo participa de Seminário sobre o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

sexta-feira, 5 de maio de 2017 - 16:36 - Fotos:  Walter Rafael/ Secom PB


A Secretaria de Estado da Educação (SEE) participou nessa quinta-feira (4) do Seminário sobre o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic). O evento, realizado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) ocorreu até esta sexta-feira (5), no Centro de Ciências Letras e Artes (CCHLA), e contou com a presença da secretária executiva de Estado de Gestão Pedagógica, Roziane Marinho.

O objetivo do encontro foi discutir o Pnaic como política de formação de professores alfabetizadores do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental I, bem como de avaliar o programa em 2016 e discutir a formatação do programa para o ano de 2017, que começa no segundo semestre. Segundo Roziane Marinho, “o Pnaic tem registrado importantes impactos na política de formação dos professores e no resultado do desempenho dos alunos”.

Dentre os temas em discussão estão: Reflexões sobre as práticas pedagógicas do Pnaic, Política pública de formação de alfabetizadores; Estratégias para a implementação da formação na Regiões, Ações prospectivas das Instituições de Ensino Superior (IES) sobre a caminhada construída, grupos de trabalho, plenária e exposição dos materiais produzidos pelos IES.

O Programa é compartilhado entre a União, o Estado e os Municípios, e a Paraíba é responsável pela execução do programa tanto na rede estadual, quanto nas redes municipais, previsto na Constituição Federal e na LDB.

O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa é um compromisso formal assumido pelos governos federal, do distrito federal, dos estados e municípios de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental.

Em atividade desde 2013 no Brasil e na Paraíba, a Formação do Pnaic, sob a responsabilidade da UFPB, já traz resultados positivos para o ensino local. De acordo com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), cerca de 20 municípios do Estado encontram-se hoje acima da média nacional (3.8), entre eles Boa Vista, com média 6.6, e Várzea com 6.5. O índice sintetiza dois conceitos importantes para a qualidade da educação: aprovação e média de desempenho dos estudantes em língua portuguesa e matemática.