Fale Conosco

26 de junho de 2013

Governo participa de reunião sobre Desenvolvimento Territorial



O secretário de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca da Paraíba, Marenilson Batista, representou o estado durante a reunião sobre as ações do Programa Territórios da Cidadania (PTC), nessa terça-feira (25), em Brasília. O evento foi realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), com o objetivo de apresentar as novas diretrizes das políticas territoriais, promovendo o diálogo entre os governos estaduais e os gestores nacionais do PTC.

Uma das pautas da reunião foi garantir a instalação e o funcionamento dos Comitês de Articulação Estaduais (CAE’s), tendo estes a atribuição de coordenar o processo de consulta e consolidação de ações previstas nos territórios, assim como, o monitoramento de sua execução no estado.

Esse evento marca a reorganização dos Comitês de Articulação Estaduais, apresentando a reestruturação do programa e as novas estratégias das políticas de território. A Paraíba se fez presente para alinhar os trabalhos nessa nova perspectiva de desenvolvimento territorial”, comenta Marenilson Batista.

O Governo Federal, em parceria com os estados e municípios, tem investido na abordagem territorial como estratégia de desenvolvimento, de garantia de direitos e de redução das desigualdades no meio rural. O PTC leva de forma integrada, um conjunto de políticas públicas de apoio à cidadania, as atividades produtivas e de infraestrutura.

A Paraíba está dividida atualmente em quinze territórios de cidadania: Seridó, Curimataú, Zona da Mata Norte, Piemonte da Borborema, Borborema, Vale do Paraíba, Cariri Oriental, Zona da Mata Sul, Médio Piranhas, Alto Sertão, Vale do Piranhas, Médio Sertão, Vale do Piancó, Serra do Teixeira e Cariri Ocidental.

O Programa – Lançado em 2008, pelo Governo Federal, o Programa Territórios da Cidadania tem como objetivos promover o desenvolvimento econômico, e universalizar programas básicos de cidadania por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável. A participação social e a integração de ações entre Governo Federal, estados e municípios são fundamentais para a construção dessa estratégia.