Fale Conosco

28 de novembro de 2016

Governo participa de reunião com trade para discutir avanços e melhorias para turismo na Paraíba



A visita aos museus e casas históricas na Paraíba, como a Fundação Casa de José Américo, na Capital, deverá ser mais uma opção de roteiro turístico para quem pretende vir a Paraíba, conforme discussão na XI Reunião Ordinária da Câmara Empresarial de Turismo no Estado, na manhã desta segunda-feira (28) e que contou com a participação do secretário do Turismo e do Desenvolvimento Econômico (Setde), Lindolfo Pires, e demais representantes de empresas públicas e privadas do setor.

O presidente da Fundação Casa de José Américo, Damião Ramos Cavalcanti, que passou a integrar a entidade, justificou a criação desse roteiro, pois o turismo e a cultura caminham juntos. Ele reforçou a necessidade de conhecimento da obra e vida do escritor, não só pelos brasileiros, mas pelos paraibanos, os quais muitos desconhecem a sua obra e essa será uma oportunidade.

O secretário Lindolfo Pires destacou que a Câmara Empresarial do Turismo é uma das entidades mais importantes por tratar de discussões relevantes para o setor, não só da Capital, mas do Estado, adiantando que nessa reunião foi tratada a inclusão da Fundação Casa de José Américo no guia de roteiro turístico, como também de ver uma explanação sobre as belezas naturais da Costa do Conde, que é um destino muito importante e deverá ser levado em conta, além de outros temas consensuais que são tratados pela iniciativa pública e privada.

“O Governo tem todo o respeito e atenção por essa câmara e aplaude, comunga e testemunha que é com iniciativas como essas que o setor na Paraíba tem muito o que melhorar e, graças a essa parceria, a Paraíba se apresenta ao Brasil e ao mundo como nova opção turística a ser explorada e descoberta pelos agentes de viagem”, lembrou.

A coordenadora da Câmara Empresarial de Turismo, Manuelina Hardman, falou dos avanços conquistados como a balneabilidade das praias da orla de João Pessoa junto aos órgãos de proteção ao meio ambiente e Cagepa, pois muitas vezes era vendido esse destino e elas estavam impróprias. “Na entidade são discutidos a divulgação e promoção dos destinos, intensificadas por meio das parcerias público-privadas com o Governo do Estado, PBTur, Fecomércio, Sebrae,  por meio das feiras, fantrips com revistas especializadas nacionalmente e fantour com operadores do Centro-Oeste”, lembrou

Manuelina revelou que esse ano a câmara vai fazer um city tour pela cidade para avaliar os roteiros oferecidos na Capital, a fim de melhorar e aperfeiçoar o que está sendo oferecido ao turista e na última reunião avaliar o que foi evoluído no setor e apresentar aos associados. “Esperamos superar o cenário nacional com muito trabalho e com serviços de qualidade e superar a taxa de ocupação igualando a 2015, que ultrapassou a taxa média de 70%”, destacou.

A presidente da PBTur, Ruth Avelino, destacou que a câmara é fundamental para se discutir e buscar as soluções para o setor.  “Um fórum prestigiado, respeitoso, onde o turismo da Paraíba tem evoluído e superado ano após ano os indicadores do setor. Apesar do cenário econômico, chegamos esse ano a atingir a casa dos 65% na média de ocupação. Não paramos de promover, trabalhar. Continuaremos trabalhando para movimentar o setor, investindo fortemente nas redes sociais, capacitação dos agentes e trazendo essas pessoas para os fantours em parceria com o setor privado por meio de um trabalho planejado”, disse.