João Pessoa
Feed de Notícias

Governo participa de projetos para restaurar a bacia do rio Gramame

segunda-feira, 21 de junho de 2010 - 17:40 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-PB), está participando de dois projetos destinados à restauração do rio Gramame e de suas nascentes, cuja água serviria para atender as várias necessidades humanas, e também de ecossistemas. A bacia hidrográfica do rio Gramame é atualmente responsável por cerca de 70% do abastecimento de água da Grande João Pessoa, que compreende a Capital, Cabedelo, Bayeux e parte de Santa Rita, além das cidades de Pedras de Fogo e Conde, essas últimas com sedes dentro do espaço geográfico da bacia.

Os projetos são desenvolvidos pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O primeiro aborda a ‘Restauração das Nascentes do Rio Gramame’, sob a coordenação do professor Hamilcar José Almeida Filgueira, do Centro de Tecnologia, e tem o objetivo de verificar, por meio de um trabalho interinstitucional, as oportunidades e as dificuldades em restaurar as funções ecológicas das áreas de nascentes desse rio no município de Pedras de Fogo.

Outro aspecto da pesquisa é analisar o uso do pagamento por serviços ambientais a todos aqueles proprietários rurais que por adesão adotem obras de conservação de água e solo, restauração ou conservação florestal. Esse instrumento financeiro já está sendo utilizado em alguns Estados do Brasil com sucesso, como uma inovação na gestão de recursos hídricos.

Já o segundo projeto tem à frente a professora Maria Limeira, do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, e aborda a ‘Rede de Trabalho da Restauração do Rio Gramame’, que busca desenvolver conhecimentos voltados para a criação e atuação de uma rede de relacionamentos destinada à restauração do Alto Curso do Rio Gramame.

Para a professora Maria Limeira, devido à complexidade das ações, é necessária a atuação de pessoas capazes de manter a idéia da restauração sempre presente. E essas pessoas serão convidadas para uma série de três encontros com proprietários rurais, representantes de órgãos governamentais e não governamentais a fim de identificar questões e analisar cenários em função de um futuro sustentável da paisagem rural.

Os projetos contam com ainda com a parceira da Prefeitura Municipal de Pedras de Fogo, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), LDC/SEV e Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Sul. Mais informações pelo fone (83) 3216-7684, ramal 34, ou pelo site http://www.ct.ufpb.br/nascentesdogramame.

Da Assessoria de Imprensa da Emater-PB