Fale Conosco

9 de julho de 2013

Governo participa de formação para o I Censo Cultural da Paraíba



Em consonância com as políticas públicas de cultura desenvolvidas em âmbito nacional, a Secretaria de Estado da Cultura tem avançado na realização do primeiro Censo Cultural da Paraíba. O gerente operacional de pesquisa, Rosildo Oliveira, está em Brasília desde essa segunda-feira (8), onde participa, até esta quarta (10), de uma formação voltada para a aplicação do Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC), plataforma de mapeamento do setor cultural desenvolvida pelo Ministério da Cultura (MinC).

Nosso censo é nosso indicativo cultural, que além de fornecer informações sobre o setor, as gestões, os agentes e equipamentos, também abre um leque para a economia criativa, pois será capaz de identificar diversas oportunidades para a cultura. Dessa forma, o SNIIC será a plataforma utilizada para a realização do mapeamento do setor cultural do Estado da Paraíba”, observou Rosildo.

Nesses três dias, ele se reúne com a equipe do Ministério, integrada por Evaristo Nunes, coordenador geral de Monitoramento de Informações Culturais do MinC e responsável pela finalização do SNIIC, e com Francisco de Assis, analista de Sistema do MinC-SNIIC.

SNIIC – O objetivo do sistema é permitir que os agentes culturais e a sociedade como um todo possam ter acesso à informações do segmento cultural em um único lugar, além de ser possível cadastrar dados com informações culturais atualizadas. A partir da implantação do sistema, o Brasil se equipara a outros países da América Latina e do mundo que já possuem banco de dados culturais: Argentina, Uruguai, Colômbia, México, França e Espanha.

A Lei 12.343, de 2 de dezembro de 2010, definiu ainda que o SNIIC será a plataforma para monitoramento do Plano Nacional de Cultura (PNC). Entre as suas funções estão a coleta, sistematização e interpretação de dados, além de fornecer metodologias e estabelecer parâmetros à mensuração da atividade do campo cultural e das necessidades sociais por cultura, que permitam a formulação, monitoramento, gestão e avaliação das políticas públicas de cultura.

O sistema também vai oferecer serviços de busca de dados georreferenciados, estatísticas, indicadores e outras informações relevantes de bens e serviços culturais, dando apoio aos gestores culturais públicos e privados, além de maior controle social dos recursos.

Em fase de pré-implantação, o SNIIC vai monitorar e avaliar as políticas públicas de cultura e do Plano Nacional de Cultura, o que assegura ao poder público e à sociedade civil o acompanhamento do Plano. O Ministério da Cultura já definiu as metas e os indicadores que serão aferidos, sendo o SNIIC a plataforma integradora de informações.