João Pessoa
Feed de Notícias

Governo participa de Encontro Estadual de Fundos Rotativos Solidários

segunda-feira, 5 de setembro de 2016 - 16:38 - Fotos:  ASAPB

O Governo do Estado, por meio da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária, Cooperar, Empreender, participou na sexta-feira (2) do Encontro Estadual de Fundos Rotativos Solidários, no Santuário de Padre Ibiapina, no município de Solânea. Estiveram presentes também  representantes da Articulação do Semiárido Paraibano (ASAPB), entidades de apoio e do Governo Federal.

Dos assuntos abordados nesse encontro, destacou-se como pauta o diálogo entre Fundos Rotativos Solidários e Governo da Paraíba no intuito de ampliar e estreitar a parceria entre eles. Na ocasião, outras propostas foram debatidas como as formas de organização e gestão dos FRS no Estado da Paraíba, planejar estratégias para fortalecer as experiências de FRS, com formação, acompanhamento e gestão dos fundos nos territórios da Paraíba e construir estratégias de comunicação para dar visibilidade à experiência de fundos rotativos solidários, subsidiar no diálogo e apoio junto às políticas públicas municipais, estadual e nacional.

O Encontro contou com a presença de 80 participantes que representaram os grupos de Fundos Rotativos Solidários de oito regiões do Estado, Brejo, Litoral, Borborema, Cariri Oriental, Curimatau, Seridó e Alto e Médio Sertão. São grupos que trabalham há mais de 30 anos e que têm sua origem nas metodologias de solidariedade das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs). Essas ações tomaram corpo e se espalharam, desenvolvendo diversos tipos de Fundos Solidários no Estado da Paraíba.

A secretária executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária, Ana Paula, destacou que no próximo ano o Governo do Estado começará a aportar recursos para atuar com essas comunidades. “Será um momento de grande importância para as pessoas que trabalham com as práticas de fundos econômicos solidários, e com isso, vai refletir no fortalecimento dos grupos, e, sobretudo, na infraestrutura rural para que eles possam crescer nos lugares que já existe essa cultura dos fundos rotativos solidários”, comentou.