Fale Conosco

15 de fevereiro de 2012

SES vai distribuir mais de sete mil preservativos no ‘Muriçocas do Miramar’



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), continua com as ações de combate e prevenção às DST/Aids e hepatites virais. Desde a última sexta-feira (10), quando foi aberto o projeto Folia de Rua da Capital, uma equipe do Hospital Clementino Fraga está distribuindo preservativo, gel lubrificante e material educativo para os foliões.

Nesta quarta-feira (15), no desfile do Bloco Muriçocas do Miramar, serão distribuídos 7.350 preservativos, além de gel e panfletos com orientações. Esta ação, que tem o apoio da Gerência Operacional das DST/Aids e Hepatites Virais da SES, acontecerá na concentração do bloco na Praça das Muriçocas, no bairro de Miramar.

A gerente operacional Ivoneide Lucena explicou que, 30 dias após o Carnaval, a SES realizará a campanha “Fique Sabendo”, para que as pessoas que estiveram em situação de risco – como, por exemplo, ter tido relação sexual sem preservativo – façam teste rápido de HIV, sífilis e hepatite. “Muita gente tem a doença sem saber. Aí acaba transmitindo a doença para outras pessoas, pois continua se relacionando sexualmente sem preservativos”, alertou Ivoneide.

Os testes rápidos podem ser realizados nos Centros de Testagem  e Aconselhamento (CTAs), nos Serviços de Atendimento Especializado (SAEs) e também nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e ambulatórios especializados. A SES já tem equipes treinadas para aplicar o teste em 130 serviços de saúde de 50 municípios.

Campanha nacional – O Governo do Estado está participando da Campanha Contra a Aids do Ministério da Saúde (MS) para o período de Carnaval, que tem como objetivo estimular a prevenção e o uso de preservativo. O MS enviou à Paraíba cerca de 135 mil folders e outros materiais educativos sobre as DST/Aids para serem distribuídos aos foliões. A campanha é voltada para jovens de 15 a 24 anos, gays e heterossexuais. Segundo o MS, nos últimos anos, registra-se maior número de casos de Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis nessa faixa etária.