João Pessoa
Feed de Notícias

Governo participa de audiência pública no Bessa e presta contas

sexta-feira, 18 de setembro de 2009 - 12:50 - Fotos: 
O Governo do Estado está investindo no bairro do Bessa, em João Pessoa, cerca de R$ 52 milhões, em obras de infraestrutura executadas pela Suplan – Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado da Paraíba e pela Cagepa – Companhia de Água e Esgotos da Paraíba.

Dirigentes dos dois órgãos estaduais prestaram contas aos cerca de 400 moradores e aos deputados e vereadores presentes, a respeito do que o Estado está fazendo no Bessa em termos de drenagem, saneamento, pavimentação de ruas e reforço no abastecimento d’água. O superintendente da Suplan, Gilson Frade, já agendou uma nova reunião para terça –feira (22) com representantes dos moradores no escritório da obra para explicar como estão os cronogramas de trabalho nas 50 ruas do bairro.

Uma audiência pública, que debateu melhorias na infraestrutura do bairro do Bessa, foi realizada no salão paroquial da Igreja São Miguel Arcanjo, espaço cedido pelo Frei Giovanni, pároco local e integrante do Movimento SOS Bessa. A sessão aconteceu das 20h às 23h e foi bastante participativa, com falas de moradores, deputados e vereadores.

Frade afirmou que, diariamente, o governador José Maranhão tem monitorado o andamento das obras no bairro. O Estado executa obras de drenagem, saneamento e pavimentação em asfalto e paralelepípedo em 50 ruas e avenidas, totalizando por parte da Suplan investimentos em torno de R$ 22 milhões, através de convênio com a Caixa Econômica Federal.

Em seu pronunciamento, Gilson Frade elencou o nome de todas as ruas beneficiadas, falou que o prazo final das obras é entre março e junho de 2010. Ele assegurou que as obras têm padrão de qualidade e são fiscalizadas diariamente pelos engenheiros da Suplan.    

Investimento no abastecimento d’água e esgotamento sanitário – Segundo o diretor de Obras da Cagepa, Ricardo Moisés, o Governo do Estado aplica no Bessa, na ampliação do abastecimento de água, investimentos da ordem R$ 4,9 milhões, consistindo na implantação de 26,5 quilômetros de distribuição de água. No sistema de esgotamento sanitário, um projeto com 104 quilômetros de rede coletora de esgotos, sendo que 74 km de rede já construído, incluindo cinco estações elevatórias de esgoto, beneficiando 50 mil pessoas, foram investidos R$ 25 milhões, tendo como fontes a Cagepa, Governo do Estado, FGTS, BNDES e CEF.

Comunidade satisfeita com a realização da reunião – Um dos líderes do Movimento SOS Bessa, o senhor Francisco Guedes Dantas, avaliou que a comunidade está satisfeita com os resultados de suas mobilizações que culminou com o debate democrático entre representantes dos poderes públicos e da população do bairro, todos engajados na solução dos problemas de infraestrutura daquela área urbana. Guedes revelou, ainda, que foi muito importante a participação de representantes do Governo Estadual para o esclarecimento das dúvidas dos moradores.

“Apagar a imagem do Bessa virtual e criar o real” – O pároco da Igreja São Miguel Arcanjo, Frei Giovanni, afirmou que ficou sensibilizado pela participação do Governo do Estado, dos deputados e vereadores. Frei Giovanni concluiu afirmando: “Por fim, uma esperança que nasceu no meu coração hoje é que acho que daqui pra frente podemos começar a apagar a imagem do Bessa virtual e criar o real, onde a gente é cidadão”.

Deputado afirma que debate foi extremamente positivo – Para o autor da propositura da sessão itinerante da AL, provocada pela comunidade, deputado João Gonçalves (PSDB), o debate foi extremamente positivo. Registrou a prestação de contas por parte do Governo do Estado e a presença de vereadores.

Bessa terá policiamento comunitário
– Na área de Segurança Pública para o Bessa, o delegado Carlos Timóteo, representando o secretário Gustavo Gominho, afirmou que a 12ª Delegacia Distrital será instalada numa área central do Bessa e que o bairro também será beneficiado com policiamento comunitário para melhor garantir a segurança dos moradores. A modalidade Polícia Comunitária está sendo expandida pelo Governo do Estado e o Diário Oficial desta sexta-feira publicou uma portaria do secretário Gominho, criando no âmbito da Secretaria, o Núcleo Integrado Policial Comunitário, (NIPC), que será chefiado pelo delegado José Nilo Tavares Pereira de Castro.

Participações na audiência pública
– Os deputados estaduais Gervásio Filho (PMDB), líder do Governo na Assembléia Legislativa; Trócolli Júnior (PMDB), Rodrigo Soares (PT), Ranieri Paulino (PMDB) e Zenóbio Toscano (PSDB), também participaram da sessão itinerante e se pronunciaram. Os parlamentares da base aliada do Governo do Estado reafirmaram o compromisso do governador José Maranhão com as políticas públicas de interesse da comunidade do Bessa, de João Pessoa e de toda a Paraíba. O novo Diretor de Planejamento da Fundação de Ação Comunitária (FAC), Marconi Paiva, que será empossado na próxima segunda-feira, a presidente da Associação Paraibana de Imprensa (API), Marcela Sintônio, e alguns vereadores de João Pessoa também participaram da audiência pública.

Relação das ruas – Coronel Martinho de Mota Silveira, Joaquim Mesquita, Universitário Luiz Alves da Rocha, Napoleão Abdon da Nóbrega, Edvaldo da Silva Brandão, Joaquim A. de Assis, Jacob A. de Azevedo, João A. Grego, Silvano Domingo de Araújo, Poeta Luiz Raimundo Batista, Paulo Assis, Jose F. Ramos, João Murilo Leite, Antonio D. Gomes Filho, Oldena Carneiro Pereira Melo, Rosa Xavier Sá, Noberto de Nogueira, Hermes G. Bezerra, Francisco S. Meira, Maria das Graças Ribeiro de Alencar, Julieta Marinho Marsino, Seguismundo Guedes P. Neto, Randal Cavalcante Pimentel, Avenida Presidente José Linhares, José Bartolomeu Carvalho, Presidente Artur Bernardes de Alencar, Prefeito Joaquim Pessoa Passos, Maria Rosa Jacinto, Presidente Delfim Moreira, Francisco Bento de Farias, Lauremar R. Santos, Avenida Presidente Venceslau Braz, Renato de Sousa Maciel, Severino Linhares por Deus, Marechal Hermes  da Fonseca, Paulo Roberto Acioly (conclusão), conclusão do Canal 02 e 4, além das ruas projetadas 01, 02, e 03, Paulo Roberto de Souza Acioly, Tertuliano Castro, Maria da Penha Ribeiro de Lima, Philadelpho de Carvalho, Avenida Presidente Campos Sales e Francisco Dantas.

Josélio Carneiro, com fotos de Ernane Gomes